Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Hernández foi o melhor piloto Ducati na Malásia

Hernández foi o melhor piloto Ducati na Malásia

Uma prestação determinada por parte de Yonny Hernández e a quebra de ritmo tardia de Andrea Dovizioso em Sepang viu o colombiano terminar a 17ª jornada como melhor piloto Ducati. O sétimo lugar no seu 50º GP na categoria rainha é o seu melhor resultado até à data no MotoGP™.

Com o colega de equipa de Hernández, Andrea Iannone, de fora por lesão e com o colega de equipa de Dovizioso, Cal Crutchlow a desistir cedo da corrida, não foi um grande fim‑de‑semana para os pilotos Ducati, mas mesmo assim Hernández mostrou-se contente com a prestação pessoal.

Vindo de 13º da grelha, Hernández fez prova consistente no calor de Sepang para terminar em sétimo, com pouco mais de dez segundos de vantagem sobre Dovizioso – que perdeu o quarto posto perto do final devido a problema técnico. Hernandez também terminou com pouco mais de 12 segundos de margem sobre Héctor Barberá, com a Ducati Open da Avintia Racing.
 
O piloto da Energy T.I. Pramac Racing comentou: “Fiz uma partida muito boa, claramente a melhor da minha carreira! Senti-me bem e mantive bom ritmo ao longo da corrida apesar de nas últimas cinco voltas ter sido muito difícil porque o pneu traseiro estava a escorregar muito. O sétimo lugar é o meu melhor resultado no MotoGP, estou muito contente, mas ainda tenho de melhorar porque temos tudo o que é preciso para conseguirmos estes resultados.”

Tags:
MotoGP, 2014, SHELL ADVANCE MALAYSIAN MOTORCYCLE GP, Yonny Hernandez, Pramac Racing

Outras actualizações que o podem interessar ›