Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Rabat conquista título de Moto2™na Malásia em vitória de Viñales na corrida

Rabat conquista título de Moto2™na Malásia em vitória de Viñales na corrida

Tito Rabat assegurou o ceptro da Moto2™ no Shell Advance Grande Prémio da Malásia ao terminar em terceiro uma corrida ganhar por Maverick Viñales, com Mika Kallio em segundo.

Rabat fez uma boa partida desde a pole e parecia que se ia isolar na frente, mas rodou de forma calma, fazendo o bastante para se sagrar Campeão do Mundo ainda com uma corrida por disputar. A dez voltas do final Rabat perdeu a liderança da corrida e caiu para terceiro, com Kallio e Viñales a passarem para a frente, com este último a acabar depois por ganhar com 2,694s de vantagem.
 
Rabat terminou com 2,5s de vantagem sobre Johann Zarco, garantindo o ceptro e celebrando o 13º de um ano fantástico com a Marc VDS Racing Team.
 
Para o Campeão do Mundo de Moto3™ Viñales foi a terceira vitória em quatro corridas de Moto2™, isto quando está prestes a passar para o MotoGP™ com a Suzuki no próximo ano. Para Kallio a luta pelo título chegou ao final, mas o finlandês levou a cabo grande prestação para garantir o 10º pódio da época.
 
Também nos cinco primeiros ficaram Zarco (AirAsia Caterham Moto Racing) e Dominique Aegerter (Technomag carXpert). O Top 10 contou ainda com Julian Simon (Italtrans Racing Team), Sandro Cortese (Dynavolt Intact GP), Thomas Luthi (Interwetten Sitag), Jonas Folger (AGR Team) e Marcel Schrotter (Tech 3).
 
Gino Rea (AGT Rea Racing) caiu na Curva 2, na primeira volta, o que levou Nico Terol (Mapfre Aspar Team Moto2) a deixar cair a sua Suter para evitar o toque. Era foi depois diagnosticado com três fracturas no pé direito.
 
Franco Morbidelli (Italtrans Racing Team) caiu, mas voltou para continuar a aprender o circuito malaio. Randy Krummenacher (Octo IodaRacing Team) e Sam Lowes (SpeedUp) foram ao chão na última curva da pista a meio da prova, voltando depois à corrida. Mas Lowes entrou nas boxes a cinco voltas do final.
 
Takaaki Nakagami (Idemitsu Honda Team Asia) e Louis Rossi (SAG Team) foram ao chão e não voltaram à prova. O piloto da casa Hafizh Syahrin (Petronas Racline Malaysia) foi ao tapete quando rodava em décimo e após grande partida. Axel Pons (AGR Team) desistiu nas boxes com problema técnico.
 

Tags:
Moto2, 2014, SHELL ADVANCE MALAYSIAN MOTORCYCLE GP, RAC

Outras actualizações que o podem interessar ›