Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Brivio antevê regresso da Suzuki ao MotoGP™ em Valência

Brivio antevê regresso da Suzuki ao MotoGP™ em Valência

O regresso da Suzuki aos Grandes Prémios torna-se uma realidade este fim‑de‑semana com o construtor nipónico a fazer correr a GSX-RR ainda em evolução no Grande Prémio Generali da Comunidade Valenciana.

A participação de Randy de Puniet como wild card, dirigida pelo experiente Davide Brivio, vai marcar a estreia da marca na grelha da categoria rainha desde o GP de Valência de 2011.
 
A Suzuki levou a cabo intenso programa de testes em 2014 nos circuitos de Grande Prémio de Sepang, Termas de Rio Hondo, Circuito das Américas, Phillip Island e Catalunha e decidiu agora voltar à acção competitiva.
 
“Este é um grande momento para nós porque estamos a testar há muito tempo,” comentou Brivio. “Há muito que esperamos por este momento. É apenas uma participação wild card e é a última corrida do ano, mas estou contente por ir a Valência e penso que é um prémio para o Randy pelo grande trabalho que fez neste projecto.”
 
“É o final da nossa preparação e estou entusiasmado,” continuou o italiano que dirige a regeneração da Suzuki MotoGP™ há mais de um ano. “É aqui que começa a nova aventura. Sei que temos um grande trabalho a fazer e durante o fim‑de‑semana vamos tomar muitas notas para o trabalho que temos de fazer durante o Inverno. Este é a nossa primeira comparação com os nossos rivais e só podemos verdadeiramente ver o ponto em que estamos em situação de corrida, pelo que é uma oportunidade importante para nós.”
 
A Suzuki conquistou seis Campeonatos do Mundo de Pilotos – e sete de Construtores – ao longo de 24 anos, entre 1976 e 2000, com vencedores como Barry Sheene, Marco Lucchinelli, Franco Uncini, Kevin Schwantz e Kenny Roberts Jr.
 
No regresso à competição a Suzuki vai, em última instância, apostar numa segunda vitória no MotoGP™ (4-tempos) depois de Chris Vermeulen ter triunfando com a marca no GP de França de 2007 em Le Mans, na altura com as regras de 800cc. O último pódio da Suzuki surgiu no GP dos Estados Unidos de 2008 pelas mãos de Loris Capirossi.
 
“A Suzuki tem longa história nas corridas e é emocionante fazer parte do regresso,” disse Brivio. “Estou consciente de que a competição é muito forte e que ele continuaram a correr enquanto a Suzuki se afastou durante quase três épocas, pelo que temos de recuperar e anular a diferença e aprender o máximo possível para chegarmos ao nível deles. O objectivo é estar em posição de desafiar os nossos rivais o mais depressa possível.”
 
Valência é a última das 18 jornadas do Campeonato do Mundo de MotoGP™ de 2014, mas é uma ronda onde a Suzuki levou a cabo boas prestações no passado. John Hopkins terminou no pódio em 2007 com o terceiro lugar, Capirossi foi nono em 2008 e Álvaro Bautista também entrou nos dez primeiros em 2010.
 
O trabalho da Suzuki vai estender-se além dos treinos, qualificação e corrida durante o fim‑de‑semana, com a equipa a marcar também presença no primeiro teste de 2015 que se realiza na segunda-feira e no qual se vão estrear os novos recrutas Maverick Viñales e Aleix Espargaró.
 
“A GSX-RR do teste será a mesma da corrida,” diz Brivio. “O Randy vai entregar a moto e terá a mesma especificação para o Maverick e para o Aleix. Depois vamos iniciar o nosso trabalho de Inverno para 2015 com base nos comentários e respostas resultantes dessas primeiras voltas dos novos pilotos.”

Tags:
MotoGP, 2014, GP GENERALI DE LA COMUNITAT VALENCIANA

Outras actualizações que o podem interessar ›