Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Dovizioso e Crutchlow preparam-se para última corrida enquanto colegas de equipa

Dovizioso e Crutchlow preparam-se para última corrida enquanto colegas de equipa

O Grande Prémio Generali da Comunidade Valencida deste fim‑de‑semana será a última vez que a dupla da Ducati Team, Andrea Dovizioso e Cal Crutchlow, roda junta, já que Crutchlow parte depois da prova para novo desafio.

Mas, como é tradição, a corrida de domingo será precedida de três dias de testes oficiais em preparação para a próxima época. Mas para os dois pilotos da Ducati Team de 2015 – Dovizioso e Andrea Iannone – a participação estará limitada apenas ao dia de segunda-feira.
 
Ao longo dos anos, a Ducati Team somou duas vitórias de MotoGP™ em Valência, uma com Troy Bayliss em 2006 e a outra com Casey Stoner em 2008. Dovizioso já participou na corrida de MotoGP™ de Valência por seis vezes, com o seu melhor resultado a ser o terceiro posto de 2011, enquanto a melhor prestação de Crutchlow nas três corridas que já disputou em Valência foi o quarto posto de 2011.
 
Para Crutchlow, o último evento da época será o seu derradeiro Grande Prémio com as cores da Ducati Team, já que o britânico vai rodar com a CWM-LCR Honda Team no próximo ano.
 
Após o oitavo lugar de Sepang, Dovizioso ocupa a quinta posição da geral com 74 pontos, enquanto Crutchlow, que celebrou o 29º aniversário na semana passada, é 14º com 63.
 
A corrida de Valência será também o regresso à pista do piloto de testes da Ducati Team Michele Pirro, que vai pilotar a sua Desmosedici GP14 pela sexta vez esta campanha, a quinta como wild card.
 
Dovizioso disse: “Não creio que a corrida de Valência seja fácil para nós. O desenho da pista é totalmente diferente do das outras, mas em todos os casos temos de continuar a dar o máximo de respostas à equipa como sempre fizemos ao longo do ano. Demos alguns grandes passos em frente nos últimos tempos em consistência e ritmo e estou certo que podemos melhorar no futuro.”
 
Crutchlow acrescentou: “Tenho me sentido muito mais confiante na moto desde Aragão; reencontrámos mesmo o meu ritmo, pelo que tenho de levar estes pontos positivos para Valência. Este será o meu último GP com a Ducati Team, pelo que quero dizer um grande muito obrigado por esta época, vou sentir falta deles. Els trabalharam arduamente ao longo do ano e vou dar o meu melhor na última corrida para conseguir um bom resultado.”

Tags:
MotoGP, 2014, GP GENERALI DE LA COMUNITAT VALENCIANA, Cal Crutchlow, Andrea Dovizioso, Ducati Team

Outras actualizações que o podem interessar ›