Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Rossi renascido regressa à pole

Rossi renascido regressa à pole

A muito disputada e última qualificação da época no Circuito Ricardo Tormo nesta tarde de sábado viu Valentino Rossi, da Movistar Yamaha MotoGP, assinar a primeira posição da grelha para o Grande Prémio Generali da Comunidade Valenciana. Mesmo atrás dele, em quarto, parte o colega de equipa Jorge Lorenzo para a corrida que decide a segunda posição do Campeonato.

Rossi conquistou a primeira pole desde Le Mans 2010 ao ficar nas boxes nos primeiros momentos da sessão, o que lhe permitiu concentrar-se totalmente num bom tempo assim que começou a rodar com a pista relativamente limpa. O nove vezes Campeão do Mundo começou por assegurar a pole provisória com uma marca de 1m31,765s para depois melhorar o registo, ainda assim sem conseguir melhorar o oitavo posto em que acabou por se encontrar a oito minutos do final da qualificação.
 
Rossi regressou depois à box para trocar de pneus e voltou ao trabalho ao cabo de dois minutos. Ele tornou-se num dos protagonistas da emocionante luta que levou os tempos a caírem para o segundo 30. Após vária melhorias de cronos o italiano acabou por assinar a 50ª pole da categoria rainha, 60ª da carreira, com uma marca de 1m30,843s.
 
“Conseguir a 50ª pole position da minha carreira no MotoGP é um grande feito,” começou por reconhecer Rossi. “Foi um pouco surpreendente, não o esperava. Sabia que podia fazer uma boa volta porque sentia-me mesmo bem com a moto. Quando puxei os tempos já não estavam nada maus, mas na última volta conseguiu dar um pouco mais. Conseguir mais uma pole ao cabo de quatro anos é emocionante. Estou muito contente, em especial porque será muito importante para a corrida de amanhã.”
 
Já o colega de equipa Lorenzo foi um dos últimos a ir para a pista esta tarde e garantiu desde logo um bom tempo para se colocar na pole provisória com 1m31,726s antes de ser relegado para oitavo quando o ritmo aumentou. Ele conseguiu depois melhorar o andamento para 1m31,726s, o que lhe permitiu chegar a segundo e após ter montado novo pneu traseiro conseguiu um registo de 1m31,409s. Ainda assim, acabou por se ver relegado para fora da primeira linha da grelha, para o quarto posto.
 
“O quarto lugar é bom tendo em conta que todos os pilotos têm tempos muito próximos,” começou por adiantar Lorenzo. “Tentei fazer bons tempos por volta. Fiz uma última volta rápida, mas cometi um erro em segunda e alarguei a linha e perdi um ou dois décimos. O Valentino estava atrás de mim e melhorou o tempo dele e passou para a frente. São coisa que por vezes acontecem e podemos perder algumas posições por causa disso. Os nossos rivais estão muito competitivos e podem entrar para as curvas lentas mesmo tarde e sair delas com muita facilidade, com muita aceleração, mas não estamos mal. Temos um bom ritmo. A corrida vai ser longa, pelo que não será fácil, mas temos muito potencial para ganhar.”

Tags:
MotoGP, 2014, GP GENERALI DE LA COMUNITAT VALENCIANA, Jorge Lorenzo, Valentino Rossi, Movistar Yamaha MotoGP

Outras actualizações que o podem interessar ›