Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Petrucci satisfeito com experiência no molhado com a Ducati apesar de queda

Petrucci satisfeito com experiência no molhado com a Ducati apesar de queda

O segundo dia do Teste de MotoGP™ desta semana em Valência foi marcado por chuva forte e representou uma oportunidade para os pilotos recolherem importantes dados sobre a afinação das suas montadas no molhado.

O novo recruta da Pramac Racin, Danilo Petrucci, foi o mais rápido do dia, isto apesar de ter sofrido queda na pista molhada de Valência.
 
Petrucci sentiu-se confortável aos comandos da Ducati GP14 completando 23 voltas com o melhor tempo de 1m42,431s. Petrucci também assinou a velocidade de ponta mais elevada ao ser cronometrado a 314,1 km/h.
 
Uma volta antes do planeado regresso às boxes, no final de uma tirada, o italiano foi ao chão sem danos de monta na moto, altura em que as condições se tornaram mais perigosas.
 
“Caí quando a chuva ficou mais forte,” explicou Petrucci. “Vi que a chuva estava a ficar mais intensa e pensei ‘só mais uma volta’, mas a chuva piorou muito e caí. Estava apenas 1,5 km/h mais rápido que na volta anterior, pelo que era muito, muito complicado compreender o limite. Estou contente por o ter encontrado, mas lamento ter caído. De todas as formas, foi um dia positivo porque o final foi bom para mim. Espero que amanhã as condições sejam de tempo seco para podermos trabalhar na afinação e compreender mais a moto.”
 
Sobre as indicações que está a receber da Ducati nesta sua primeira experiência com a nova equipa Petrucci acrescentou: “Ontem a equipa mostrou-me os dados do Dovizioso, o que foi importante, e agora já vejo onde estou bem e onde estou mal.”
Tags:
MotoGP, 2015, VALENCIA MOTOGP™ OFFICIAL TEST, Danilo Petrucci, Octo Pramac Racing

Outras actualizações que o podem interessar ›