Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Jorge Martínez ‘Aspar’ nomeado Lenda FIM

Jorge Martínez ‘Aspar’ nomeado Lenda FIM

O tetra-Campeão do Mundo foi homenageado em Jerez de La Frontera tendo em conta a sua carreira.

Jerez de la Frontera foi palco da Gala FIM, com os melhores pilotos de todas as categorias e disciplinas do motociclismo a juntarem-se no Teatro Villamarta, na cidade andaluza, para receberem medalhas e diplomas em reconhecimento dos seus estatutos de Campeões do Mundo. No mesmo evento, Jerez de la Frontera foi nomeada capital mundial do motociclismo para 2015.
 
Foram também várias as antigas estrelas das duas rodas a receberem prémios Lenda FIM. As Lendas foram responsáveis pela entrega dos prémios aos vencedores da época de 2014 e Jorge Martínez ‘Aspar’ foi um deles. O tetra-Campeão do Mundo e primeiro vencedor de uma corrida no circuito permanente de Jerez, Aspar, foi um dos pilotos a ser nomeado Lenda FIM. 
 
Jorge Martínez ‘Aspar’ mostrou-se muito reconhecido pela homenagem da FIM e fez os seguintes comentários no evento:
 
Como vê o estado do motociclismo de competição espanhol?
“Impressionante. Estamos a conseguir grandes coisas. Vejo os nossos pilotos dominarem em todas as categorias, em muitas disciplinas, e estou certo que esta tendência vai continuar a crescer porque estão também a surgir muitos pilotos. Isto é possível graças ao excelente sistema de desenvolvimento que temos actualmente em Espanha. Há um futuro muito promissor para as corridas no nosso país.”
 
Sente-se de alguma forma responsável pelo sucesso do motociclismo espanhol?
“Considero ser muito importante trazer toda a experiência que ganhei ao longo do anos para construirmos o futuro. Na altura tentei fazer a minha parte enquanto piloto, depois criei uma escola de pilotagem em Valência e depois criei a Aspar Team. Tento sempre disponibilizar a minha experiência aos pilotos com quem trabalho para que se possam desenvolver da melhor forma possível.
 
O que significa para si ser reconhecido como Lenda FIM?
“Significa, principalmente, que ainda estou a fazer as coisas bem. Sinto-me muito orgulhoso por ter podido dedicar a minha vida ao motociclismo e por ter deixado uma marca no desporto, primeiro com os quatro títulos mundiais enquanto piloto e depois com quatro ceptros como director desportivo. É uma grande satisfação ser considerado uma lenda do motociclismo pela FIM.”

Tags:
MotoGP, 2014

Outras actualizações que o podem interessar ›