Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Brivio: ‘Temos dois pilotos motivados e ambiciosos’

Brivio: ‘Temos dois pilotos motivados e ambiciosos’

No fim‑de‑semana do Monza Rally Show last weekend, Davide Brivio, Director da Suzuki MotoGP Team, falou com o motogp.com sobre os pilotos da fábrica e os progressos do construtor no que toca à moto com que vão regressar ao MotoGP™ em 2015.

Como resumes os testes de Valência e Jerez e como vês o estatuto geral do projecto Suzuki?
“Primeiro, ambos os pilotos estão muito contentes. O facto do Aleix Espargaró e do Maverick Viñales terem completado o teste de Jerez e partido para as férias com sorrisos nos lábios é um sinal muito importante. É claro que ainda temos muito trabalho a fazer, mas o Aleix rodou a um segundo do mais rápido em Valência, enquanto o Maverick está a aprender. Infelizmente, em Jerez tivemos mau tempo, só conseguimos trabalhar no segundo dia. A moto é divertida e anda bem, temos de trabalhar na prestação, mas temos dois pilotos perfeitos para este projecto.”
 
“Agora é nosso trabalho dar-lhes um bom pacote que lhes permita puxar. Gosto deles por são dois tipos motivados e com forte desejo de ter sucesso. São qualidades importantes que nos levaram a escolhê-los e foi por isso que os quisemos connosco.”
 
Dois dos pontos em que vocês estão mais concentrados enquanto fábrica é a fiabilidade e a potência do motor?
“Sim, é uma situação complicada de resolver. Temos motores que funcionam bem, do ponto de vista da durabilidade nos testes no banco de ensaios. Mas quando o usamos em pista temos quebras. É por esse motivo que temos usado menos potência até ao momento. Os dois aspectos estão a ser analisados, o objectivo agora é encontrar um bom compromisso e estarmos prontos para a primeira corrida.”
 
Que outras coisas podem trabalhar na moto?
“Temos de melhorar a electrónica e também o controlo de tracção, mas de forma geral  a moto tem uma boa base. Talvez seja um pouco mais difícil fazer um bom chassis que um bom motor. É claro que para nós será tudo novo. Em 2015 vamos ter muitos desafios, sabemos que temos rivais muito fortes, mas também vamos tentar andar perto deles e creio que temos dois pilotos capazes de o fazerem.”
 
O Espargaró já tem muita experiência, mas ficaram surpresos por verem o Viñales tão confortável no primeiro contacto com uma máquina de MotoGP™?
“O Maverick é um talento, não há dúvidas. Basta olhar para o que fez no ano de estreia na Moto2. Venceu corridas em cada ano, mesmo no de estreia. É um piloto especial e estamos muito entusiasmados por o termos connosco. É jovem e quer ter sucesso de pressa. O Aleix tem só 25 anos, mas tem muita experiência. É um piloto que nos vai ajudar a desenvolver a moto.”
 
Também estão de regresso ao MotoGP™, à linha da frente, depois de tantos anos afastados…
“Estou muito contente com esta aventura e por estar envolvido neste projecto desde o início. Em termos de escolha dos pilotos, onde fui um elemento chave, conseguimos formar uma boa equipa. Também temos alguns elementos novos no pessoal técnico e criámos um ambiente muito amigável e positivo desde o início. O que ainda nos falta, repito, é conseguirmos tirar o máximo de potência do nosso motor, mas vamos tentar resolver isso.”
Tags:
MotoGP, 2015, Maverick Viñales, Aleix Espargaro, Team SUZUKI ECSTAR

Outras actualizações que o podem interessar ›