Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Aoyama já teve o primeiro contacto com os pneus Michelin

Aoyama já teve o primeiro contacto com os pneus Michelin

Aos comandos de uma máquina de quadro rodas na primeira jornada da GSeries BPA de 2015, em Andorra, o ex-Campeão do Mundo de 250cc falou com o motogp.com sobre a experiência enquanto piloto de testes HRC, função que implica o desenvolvimento da nova Honda de 2015 e a adaptação desta aos novos pneus Michelin.

O teu trabalho enquanto piloto oficial de testes da HRC começou em Novembro passado, no circuito de Sepang. Como correu e com que moto rodaste nessa altura?
“Sim, até ao momento só fiz um ensaio como piloto de testes da HRC no final de Novembro passado. Rodei com a nova Honda e com pneus Michelin. No ano passado pilotei a Open e deu para perceber a diferença. Foi uma nova experiência para mim, o começo de nova etapa. Correu tudo bem e senti-me confortável com a nova máquina. Foi um começo muito positivo.”
 
Qual foi a tua primeira impressão dos pneus Michelin? Quais as suas melhores virtudes e o que achas que pode melhorar?
“Não tivemos muito tempo e as condições estavam demasiado complicadas. Em Sepang faz sempre muito calor. Apesar de tudo, os pneus funcionaram bem, ofereceram bom rendimento e fiquei com boa impressão. É claro que temos de continuar a melhorar para crescermos juntos durante o ano que dispomos, tanto em relação à moto para se adaptar melhor, como em relação aos pneus.”
 
Quais são os principais objectivos dos próximos tetes, primeiro na Malásia e depois no Qatar, mesmo antes do início da época?
“Estou desejoso por voltar a Sepang para o primeiro teste deste ano e no qual vão participar todos os pilotos. O objectivo será avançar o máximo possível na adaptação aos pneus Michelin. Depois do Qatar vou dar os melhores dados possíveis sobre os pneus e à Honda para mostrar o meu potencial enquanto piloto de testes.”
 
Vais limitar-te ao papel de piloto de testes, ou também te poderemos ver na grelha em alguma corrida ao longo da temporada?
“Este ano vou concentrar-me em ser piloto de testes. Também se pode dar o caso de participar em alguma corrida. Seja como for, quero estar preparado para o momento em que seja necessário.”
Tags:
MotoGP, 2015

Outras actualizações que o podem interessar ›

motogp.com

2 anos ago

Um novo FIM CEV Repsol em 2015