Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Giacomo Guidotti: "Esperamos muito do Yonny Hernández"

Giacomo Guidotti: "Esperamos muito do Yonny Hernández"

Com apenas algumas semanas até ao início dos testes de MotoGP™ em Sepang, o Chefe de Equipa de Yonny Hernandez na Pramac Ducati, Giacomo Guidotti, falou sobre a época de 2014, bem como do que espera do colombiano este ano.

Comentando a temporada passada, Guidotti disse: “Dia após dia o Yonny mostrou um crescimento constante, sublinhando o grande potencial que tem. Durante o fim‑de‑semana de corrida em Barcelona, em que esteve sempre entre os da frente, comprovámos finalmente o seu talento. Talvez se deva ao facto de Barcelona ser um bom circuito para o Yonny, mas esperamos que ele seja capaz de manter esse nível em todos os Grandes Prémios.”
 
A proeza de Hernandez no molhando é outra coisa que é destacada pela italiano: “Isto tem de ser analizado em profundidade. É verdade que no molhado é um dos mais rápidos. Talvez seja a sua sensibilidade com a moto, ou talvez o seu estilo de pilotagem saia beneficiado com baixos níveis de aderência. Mas os números também mostram que ele nunca atingiu o seu verdadeiro potencial. O Yonny é rápido no molhado, mas ainda não capitalizou isso.”
 
Após a época de 2014, em que Hernández foi o único piloto satélite com uma Ducati GP13, o colombiano foi premiado agora com uma GP14.2, máquina com que o agora piloto de fábrica Andrea Iannone terminou a temporada. Hernández já rodou com a moto no teste pós-Valência, em novembro passado.
 
“A mudança para a 14.2 foi positiva, mas não tivemos muito tempo para a explorar a fundo. O pouco tempo que tivemos disponível foi usado principalmente para a ergonomia e não para a prestação,” disse Guidotti. Mesmo assim, e olhando para o primeiro teste de Sepang, o italiano disse: “O objetivo principal é construir uma relação moto/piloto o mais depressa possível para tirarmos o melhor partido da nossa prestação… O Yonny tem de absorver muita informação em curto período de tempo. A moto é claramente melhor que aquela com que terminou a época passada, mas ele vai começar com os acertos de Valência, e depois trabalhar no software para estudar as inovações técnicas que a Ducati vai fornecer. Sepang 2 vai ser a altura em que vamos olhar para os tempos por volta.”
Tags:
MotoGP, 2015, Yonny Hernandez, Octo Pramac Racing

Outras actualizações que o podem interessar ›