Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Bradl preparado para Sepang e de olhos no Top 10

Bradl preparado para Sepang e de olhos no Top 10

Após três anos no MotoGP™, Stefan Bradl inicia agora nova aventura com a NGM Forward Racing Team na época de 2015 da categoria rainha.

Depois de três anos com protótipos Honda RC213V, o germânico troca para a Yamaha e na Forward o piloto vai substituir o melhor classificado Open do ano passado. Aleix Espargaró venceu a categoria Open em 2014 ao serviço da Forward Racing com uma vantagem de 45 pontos sobre o estreante Scott Redding, somando um segundo lugar em Aragão e terminando no sétimo posto da geral – dois furos acima de Bradl.

O Campeão do Mundo de Moto2™ de 2011 tem assim grandes passos a dar com a Forward Racing, mas está pronto para o desafio, conforme confidenciou ao motogp.com.

Como passaste o Inverno e como foram os preparativos para a nova época?


“Passei a maior parte do Inverno em casa com família e amigos. Todos os anos estes dois meses são o único período que tenho para estar em casa com eles. Trabalhei na minha condição física para estar preparado para a nova época e trabalhei a forma geral durante todo o Inverno. Estou preparado para os testes e desejoso por voltar a andar na minha nova moto.”

Que tipo de moto vais usar em Sepang 1? Sabes que novos componentes vais ter para testar?


“Não sei bem, só vou ver isso em Sepang, mas a Yamaha prometeu-me material muito bom e acredito que vamos ser bem equipados. Por mim, tenho de encontrar boa base de afinação com a Yamaha e alterar o meu estilo de pilotagem para a moto. Só depois poderemos avaliar novos componentes e outras coisas. Creio que vamos rodar com o chassis de 2014 e também com motores de 2014.”

Na primeira sessão de testes no final do ano passado experimentaste diferentes soluções de suspensão. A decisão já está tomada, ou ainda estás a decidir?


“Sim, essa decisão foi fácil e vamos ficar com a suspensão da Öhlins, apenas porque me senti melhor com ela. Isto também foi confirmado uma vez mais no teste de Jerez no final de Novembro.”

O que pensas que será possível fazeres NGM Forward Racing Yamaha e quem vês como teu maior rival na próxima época?


“Isso é difícil de dizer antes do primeiro teste porque haverá muitas movimentações nesta categoria, e também devido aos novos construtores e pilotos. Essencialmente estou aposta nos dez primeiros. Julgo que com a minha equipa temos potencial para incomodar um pouco os pilotos de fábrica e que posso interferir um pouco a esse nível. É claro que não será fácil porque a competição é muito elevada e será uma luta difícil entre as quinta e 12ª posições.”

Tags:
MotoGP, 2015, Stefan Bradl, Forward Racing

Outras actualizações que o podem interessar ›