Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Lorenzo sobre 2015: "O Márquez deverá ser o favorito"

Lorenzo sobre 2015: 'O Márquez deverá ser o favorito'

Jorge Lorenzo insistiu que o Campeão do Mundo é, uma vez mais, o homem a bater nesta temporada do MotoGP™.

Numa sessão de perguntas e respostas antes do arranque da temporada Lorenzo anteviu a campanha deste ano e os testes de pré-época que têm início na próxima semana…

O ano passado começou com muitas dificuldades, como estás este ano?

“Creio que estou em muito melhor forma. Fisicamente estou mais forte graças aos treinos, isto porque nos concentrámos nas melhores sessões de trabalho e não tive de ser operado, como em 2014. Até andar com a moto e ver como está a rodar prefiro ser cauteloso e ver o que acontece.”

O que mudou na preparação para ente ano em comparação com 2014?

“Bem, no ano passado decidi trocar de treinador porque as coisas não estavam a correr como queria. Agora encontrei o equilíbrio com o meu novo treinador da Argentina e tenho estado a trabalhar de forma consciente para esta temporada, pelo que espero melhorar e não cometer os erros do ano passado.”

Todos os anos é um novo desafio, um novo sonho que surge. O que esperas desta temporada?

“Bem, como costumo dizer, não posso adivinhar o futuro; o futuro é incerto para todos, em particular no desporto e no motociclismo, onde nunca sabes o que pode acontecer. É claro que te podes preparar bem e ter mais opções para conseguires um grande resultado do que se não fizeres uma boa preparação, mas no final de contas são muitos os factores que fazem com sejas, ou não, o melhor e que estejas a lutar pelo título. No ano passado a moto melhorou muito e na segunda parte da época consegui pódios. Se continuarmos a melhorar e se as outras fábricas não derem tantos passos em frente penso que podemos começar mais fortes. Nunca sabes se vencer é o suficiente, mas estar, pelo menos, de forma consistente no pódio significará que terminarás o Campeonato do Mundo entre os da frente.”

Que garantias te deu a Yamaha no que toca a uma moto mais competitiva?

“Não sabemos muito enquanto não começarmos o primeiro teste do ano. Não sabemos a que nível a M1 estará em Sepang, mas estou certo que os nossos engenheiros trabalharam arduamente para a tornarem muito rápida! Já sei que não devo esperar melhorias de um segundo por volta, mas estou muito optimista.”

Na segunda metade de 2014 estiveste no pódio com regularidade. Sentes-te outra vez um forte candidato ao título este ano?

“Não ano passado é claro que não fui, isto porque nunca estive lá nas primeiras corridas por causa dos erros. Prefiro não assumir o papel de favorito, porque desta feita não o sou. Penso que o resultado no final do ano esteve em linha com a forma como a época correu. Creio que o Márquez deverá ser o favorito e depois o Valentino. Eu e o Dani estamos atrás até prova em contrário.”

Tags:
MotoGP, 2015, Jorge Lorenzo, Movistar Yamaha MotoGP

Acompanhe a história ›

Outras actualizações que o podem interessar ›