Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Yamaha termina Sepang 1 com sucesso

Yamaha termina Sepang 1 com sucesso

Valentino Rossi e Jorge Lorenzo (Movistar Yamaha MotoGP) terminam primeiro teste de MotoGP em Sepang com nota positiva, em 4º e 5º da geral.

Rossi tirou bom partido das condições climatéricas perfeitas desta sexta-feira e logrou completar com sucesso o programa de testes. O progresso conseguido em termos de afinação e de escolha da direcção a seguir com o desenvolvimento da sua YZR-M1 ficou patente quando o italiano bateu o próprio recorde no Circuito Internacional de Sepang com a marca de 1m59,401s, o que lhe valeu o terceiro posto da geral. “The Doctor” usou o tempo restante da sessão para avaliar mais componentes para a moto e fez uma simulação de corrida antes de dar o dia por concluído na quarta posição.

O colega de equipa Lorenzo também fez progressos. Dando continuidade ao bom ritmo de quinta-feira, o espanhol foi rápido desde o arranque deste terceiro dia de trabalho. Apesar de terem chegado a estar 27 pilotos em pista ao mesmo tempo, Lorenzo consegui concentrar-se no seu ritmo e apresentar-se como um dos protagonistas. Tal como com o italiano, o espanhol só precisou de meia hora para bater a sua melhor volta de sempre na Malásia ao rodar em 1m59,624s. Lorenzo também concluiu o programa de testes com uma simulação de corrida na altura de maior calor e terminou em quinto.

Este terceiro dia de trabalho completa o primeiro teste de pré-época em Sepang. A Movistar Yamaha MotoGP vai agora analisar os dados recolhidos e regressará ao traçado malaio para o segundo ensaio oficial dentro de duas semanas.

Rossi realçou: “Hoje estou mais satisfeito. Foi um bom dia e fizemos bom trabalho, em especial porque testámos tudo e decidimos o que temos de usar para continuarmos o desenvolvimento. Estou muito contente porque o 1m59,4s é o meu melhor tempo em Sepang em toda a minha carreira e já estou 0,3s mais rápido que no ano passado. É verdade que as condições hoje estão boas, mas também melhorámos em comparação com o dia de ontem no que respeita a afinação da moto e o meu ritmo também não é mau. Também fizemos uma simulação de corrida, mas não com uma prestação a 100%. Testámos componentes diferentes para moto, umas coisas boas e outras de que não gostei. O meu ritmo na simulação foi muito bom, pelo que o teste foi positivo. O único aspecto negativo foi a velocidade do Marc e do Dani. Eles estão um pouco mais rápidos que nós numa volta com pneus novos, mas também em termos de ritmo. Isso significa que, se os quisermos bater, temos de continuar a trabalhar.”

Lorenzo adiantou: “De manhã não fomos muito explosivos para conseguirmos um bom tempo por volta porque a moto não estava a travar muito bem. Alterámos a afinação para melhorar esse aspecto, mas não tínhamos pneus novos para fazermos um bom tempo. Creio que não seríamos capazes de rodar no segundo 58, mas no 59 baixo. A simulação de corrida foi interessante. Fizemos uma na altura de maior calor e o nosso ritmo foi muito consistente. Creio que se houvesse corrida amanhã poderíamos lutar pela vitória, o que é positivo. A moto melhorou um pouco em comparação com o teste de Valência. Julgo que teremos grandes coisas para testar na segunda visita a Sepang. Veremos.”

Tags:
MotoGP, 2015, SEPANG MOTOGP™ OFFICIAL TEST, Jorge Lorenzo, Valentino Rossi, Movistar Yamaha MotoGP

Acompanhe a história ›

Outras actualizações que o podem interessar ›