Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Paddock do MotoGP™ ruma a Losail para último teste

Paddock do MotoGP™ ruma a Losail para último teste

O último teste de pré-época do MotoGP™ tem início esta semana sob as luzes artificiais do Circuito Internacional de Losail, no Qatar.

Com as equipas a terem já avaliado os dados recolhidos no teste de Sepang, o paddock de MotoGP™ ruma agora a Losail para três noites de ensaios a partir de sábado, antes do arranque da época no mesmo traçado a 29 de Março.

A Repsol Honda Team espera repetir o domínio apresentado nos dois testes já realizados, nos quais Marc Márquez foi o mais rápido. O Campeão do Mundo de MotoGP™ disse ter encontrado a afinação que estava à procura para a RC213V em Sepang 2 e sem grandes novidades para o Qatar vai centrar-se principalmente na preparação da corrida com simulações. Dani Pedrosa também se mostrou contente com a prestação no último ensaio depois de terminar em 7º, se bem que admitiu que ainda há coisas em que tem de trabalhar durante os três dias de Losail.

A Ducati Racing Team também se revelou contente com a estreia da nova GP15 em Sepang 2, com a moto a ter dado mostras de resolução dos problemas de sobviragem sentidos no anterior modelo e com Andrea Iannone e Andrea Dovizioso a terminarem em 4º e 9º da geral, respectivamente. Iannone pareceu ter-se adaptado melhor à moto mais pequena do que o colega de equipa depois de ambos terem também rodado com a GP14.3. O Director de Equipa Luigi Dall’Igna disse que vão usar o teste do Qatar para desenvolver ainda mais a GP15 com o objectivo de determinar a melhor afinação para cada piloto antes do arranque do campeonato.

Enquanto isso, a Movistar Yamaha introduziu a nova e melhorada transmissão seamless na última visita à Malásia. Para Valentino Rossi não foi a melhoria esperada, com o italiano a terminar a sete décimos de Márquez e está agora apostado em avaliar a prestação da YZF-M1 em outra pista. Já o colega de equipa Jorge Lorenzo ficou a 0,3s de Márquez, em segundo, e mostrou-se contente com a redução da margem para as Honda, esperando agora mais melhorias em Losail.

Cal Crutchlow vai tentar dar continuidade ao que fez em Sepang 2, onde foi terceiro à frente de vários pilotos de “fábrica”. O britânico vai tentar continuar a adaptação à CWM LCR Honda RC213V e resolver os problemas que lhe estragaram a simulação de corrida, isto enquanto o colega de equipa Miller vai tentar tirar o máximo partido do tempo que ainda dispõe aos comandos da RC213V-RS da classe Open antes da estreia no MotoGP™.

A Suzuki Ecstar Racing, novo nome da equipa dado a conhecer na apresentação oficial, trabalhou arduamente na recolha de dados nos últimos testes e parece ter reduzido a diferença de potência da GSX-RR para as rivais. A formação vai agora apresentar novas actualizações para Aleix Espargaró e Maverick Viñales continuarem a desenvolver.

A Monster Tech 3 Yamaha Team vai continuar a trabalhar nas afinações de cada piloto depois de Bradley Smith ter sido 6º em Sepang 2, a dois décimos do melhor piloto satélite, Crutchlow, e após regresso de lesão no tornozelo. O colega de equipa Pol Espargaró foi apenas 11º após alguns contratempos, mas reconhece que há várias ideias para melhorar no Qatar.

A Avintia Racing espera ver Héctor Barberá de novo como mais rápido entre os pilotos Open com a GP14.2 depois de ter sido 8º em Sepang 2. Já Mike di Meglio está desejoso por voltar à moto depois de ter dito que está a aprender muito a cada volta que faz.

Scott Redding está a gostar de ser o único piloto da Estrella Galicia 0,0 Marc VDS Racing Team e afirmou que vai continuar a adaptação à nova Honda especificação fábrica com que vai competir este ano.

A Aprilia Racing Team Gresini, que recentemente levou a cabo a apresentação oficial, continuará o trabalho com vista ao regresso antecipado ao MotoGP™, pelo que levará várias actualizações para Álvaro Bautista e Marco Melandri testarem em Losail.

A Pramac Ducati mostrou-se contente, se bem que algo surpreendida, com a prestação de Danilo Petrucci na Malásia e acredita também que Yonny Hernández pode ser mais rápido em Losail, agora que teve mais tempo para recuperar da lesão no ombro.

Nicky Hayden, da Drive M7 Aspar, considera que a equipa está no caminho certo após o último teste e ele e o colega de equipa Eugene Laverty vão concentrar-se no desenvolvimento da electrónica, enquanto Karel Abraham, da AB Racing, Alex de Angelis, da Octo IodaRacing Ducati, e Stefan Bradl e Loriz Baz, da Forward Racing, completam o alinhamento de pilotos que vão estar no último teste da pré-época com início marcado para o meio-dia (CET) de sábado.

Acompanhe os Tempos em Directo no motogp.com

Tags:
MotoGP, 2015, QATAR MOTOGP™ OFFICIAL TEST

Outras actualizações que o podem interessar ›