Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Oliveira: “Vou dar tudo para terminar na melhor posição”

Oliveira: “Vou dar tudo para terminar na melhor posição”

Os pilotos da KTM Red Bull Ajo, Miguel Oliveira, Brad Binder e Karel Hanika, antevêem a primeira jornada da Moto3™ no Qatar.

A equipa tri-Campeã do Mundo da categoria mais baixa do Campeonato do Mundo, a Red Bull KTM Ajo, começa a campanha com um trio de pilotos que combina experiência e juventude: Miguel Oliveira, Brad Binder e Karel Hanika. Entusiasmados e optimistas, os três esperam lutar por pódios e vitórias desde a primeira corrida.

“Losail é um circuito onde nada se destaca muito, porque não tem grandes inclinações nem uma recta longa, onde a aspiração faz sempre a diferença,” começa por adiantar o português Miguel Oliveira. “As corridas são normalmente em grupos e por vezes um pouco caóticas, pelo que não vale a pena ficar muito nervoso porque é apenas a primeira corrida. Há sempre algum nervosismo no primeiro GP, o que é normal porque estamos sem correr há alguns meses, mas estou confiante. Penso que estamos bem preparados para começar. O objectivo é dar o meu melhor. Terminar nos cinco primeiros seria um bom início de época, mas se na fase final da corrida estiver no grupo da frente vou dar tudo para terminar na melhor posição possível.”

Já Brad Binder reconhece que a pista não é fácil para ele: “O Qatar foi sempre uma pista complicada para mim; nunca consegui mostrar aquilo de que sou capaz na primeira corrida. Mesmo assim, sinto-me muito melhor preparado que noutros anos. Já estou desejoso por rodar lá. Gosto muito do circuito. Veremos o que consigo fazer. O objectivo é tentar chegar ao pódio. É verdade que os testes de pré-época não correram como gostaria, mas espero que no Qatar seja diferente porque é um pista que se adapta bem ao meu estilo de pilotagem; tem mais curvas rápidas que lentas.”

Enquanto isso, Karel Hanika mostra-se ansioso por colocar ponto final na espera: “Estou ansioso por começar o Grande Prémio do Qatar porque é a primeira corrida da época e a primeira após longa paragem. Gosto muito da pista. O ano passado foi difícil para me habituar às condições, mas no final estive muito bem e até consegui somar pontos. Espero desfrutar da corrida e que o resultado seja do meu agrado. Rodar à noite é sempre especial. Há algumas áreas do circuito que tenho de aprender a fazer de forma perfeita porque é fácil perder tempo. Se encontrar forma de ser rápido nessas áreas espero dar-me bem na corrida. O objectivo é terminar e manter a moto direita em todas as sessões. Teremos de trabalhar muito para chegarmos ao grupo da frente e nos mantermos com eles.”

Tags:
Moto3, 2015, COMMERCIAL BANK GRAND PRIX OF QATAR, Karel Hanika, Brad Binder, Miguel Oliveira, Red Bull KTM Ajo

Outras actualizações que o podem interessar ›