Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Crutchlow: “Não levou nada da primeira noite”

Crutchlow: “Não levou nada da primeira noite”

O britânico Cal Crutchlow deu continuidade à adaptação à Honda RC213V de fábrica no Circuito Internacional de Losail.

Rodando em 1:55,818s para terminar na quinta posição da geral, a 0,6s de Márquez, Crutchlow logrou terminar a primeira sessão de Treinos Livres da época de 2015 do MotoGP™ como melhor piloto satélite, batendo os pilotos de fábrica da Ducati e Valentino Rossi.

“Não levou nada desta primeira corrida, muito menos do primeiro treino!” afirmou Cruchlow sem rodeios. “Amanhã acho que vamos ter grandes alterações na classificação, mas estou contente com a volta e o quinto lugar não é mau. Tivemos alguns problemas no início, pelo que perdemos algum tempo aí, e também algumas dificuldades com a maneta do travão, tal como no teste.

“Ainda tive mais um problema na minha volta rápida com um piloto na última curva, algo que surgiu depois de um briefing que tivemos uma hora antes do treino e onde nos foi dito que não podemos esperar naquela curva. Foi uma idiotice, ele estava a rodar 100 km/h demasiado lento. É muito claro que os jogos já começaram!”

“Mas a CWM LCR Honda fez um grande trabalho; estamos a fazer o melhor com o que temos e já me estão a dar muito apoio para ser mais competitivo. A corrida deve ser bem diferente do primeiro treino, mas estou desejoso por amanhã.”

Tags:
MotoGP, 2015, COMMERCIAL BANK GRAND PRIX OF QATAR, FP1, Cal Crutchlow, LCR Honda

Outras actualizações que o podem interessar ›

motogp.com
Márquez marca ritmo na FP1

2 anos ago

Márquez marca ritmo na FP1

motogp.com
Oliveira domina FP2 da Moto3™

2 anos ago

Oliveira domina FP2 da Moto3™