Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Oliveira termina à porta dos pontos

Oliveira termina à porta dos pontos

Após um toque na Curva 1, na primeira volta, Miguel Oliveira caiu e regressou à pista em último para recuperar até ao 16º posto.

O início de época de Miguel Oliveira no Commercial Bank Grande Prémio do Qatar não foi o esperado. Mesmo depois de se ter qualificado apenas em oitavo, o piloto da Red Bull KTM Ajo era um dos favoritos ao triunfo, mas um toque de Bagnaia na primeira curva, logo após a partida, fez com que Oliveira fosse ao chão.

O luso conseguiu, contudo, regressar à pista na última posição para levar depois a cabo grande recuperação ao longo das 18 voltas da corrida, assinando a terceira volta mais rápida pelo caminho e terminando à porta dos pontos, em 16º.

“Na primeira curva um piloto que ia por dentro tocou-me e não consegui evitar a queda,” confessou, desapontado, Miguel Oliveira. “Voltei à corrida e recuperei muito tempo. Acredito que podia ter mesmo lutado pela vitória hoje se as coisas tivessem corrido bem e estou triste por não ter conseguido somar pontos. Temos de aprender com o que se passou hoje.”

Tags:
Moto3, 2015, COMMERCIAL BANK GRAND PRIX OF QATAR, RAC, Miguel Oliveira, Red Bull KTM Ajo

Outras actualizações que o podem interessar ›