Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Bautista: “Estou desejoso por voltar à pista em Austin”

Bautista: “Estou desejoso por voltar à pista em Austin”

Álvaro Bautista espera completar a primeira corrida da época de 2015 no COTA, isto depois de ter sido forçado a abandonar no Qatar.

O piloto da Aprilia Racing Team Gresini, que deu boas mostras no sábado, viu-se forçado a desistir devido a danos no sistema de travagem após contacto com Marc Márquez na primeira volta.

Teria sido importante ver a prestação de Bautista para se ter uma ideia dos progressos da Aprilia Racing Team Gresini, já que a formação olha para a primeira parte da época como um grande conjunto de testes. De todas as formas, a ronda americana será o palco do importante segundo ensaio.

Álvaro Bautista:
“No Texas, vamos para uma pista totalmente diferente daquela que recebeu o primeiro Grande Prémio do ano. Durante os testes de Inverno em Valência, Jerez e Sepang a moto apresentou basicamente sempre o mesmo tipo de prestação, enquanto no Qatar deparámo-nos com novas situações, mas não sabemos se isso teve a ver com as características da pista, ou com as condições particulares da corrida sem muita aderência. Estou muito ansioso por voltar à pista em Austin, um traçado com algumas zonas de fortes travagens e longas rectas onde poderemos verificar algumas coisas importantes no que toca à prestação da RS-GP e continuar o nosso trabalho de desenvolvimento da moto. É-nos essencial encontrar a motivação certa desde o primeiro momento, ainda para mais depois da desilusão do primeiro Grande Prémio onde não pude sequer competir durante a primeira volta da corrida; temos de voltar ao trabalho com atitude positiva.”

Romano Albesiano - Director Desportivo da Aprilia:
“Numa época tão compacta, com 18 corridas no calendário, não temos muito tempo para sequer nos queixarmos. Saímos desiludidos do Qatar por não termos tido a oportunidade de avaliar a prestação do Bautista na distância da corrida, mas aqui temos uma segunda oportunidade. Será mais um teste fundamental para nós e seria mesmo importante recolher informações durante a corrida. No primeiro fim‑de‑semana confirmámos o quão difícil é o desafio que aceitámos, mas também conseguimos alguns resultados positivos que vamos poder confirmar durante esta ronda americana para criarmos uma base sólida para o nosso desenvolvimento.”

Tags:
MotoGP, 2015, RED BULL GRAND PRIX OF THE AMERICAS, Alvaro Bautista, Aprilia Racing Team Gresini

Outras actualizações que o podem interessar ›