Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Márquez quer manter domínio nos EUA

Márquez quer manter domínio nos EUA

A conferência de imprensa de pré-evento do Red Bull GP das Américas contou com Hayden, Rossi, Lorenzo, Marquez, Smith e Iannone.

Com o Campeonato do Mundo de MotoGP™ em Austin para a segunda jornada da época de 2015 foi uma vez altura de vários pilotos se juntarem perante a imprensa mundial para dizerem o que pensam da corrida que têm pela frente.

Marc Márquez, da Repsol Honda, espera manter a invencibilidade no COTA. O Campeão do Mundo de MotoGP™ venceu no traçado desde que este entrou para o calendário do Mundial em 2013. O jovem espanhol quer recuperar do mau início de de época no Qatar, onde foi quinto: “Gosto de Austin e das restantes pistas americanas. É bom para a moto e para o meu estilo de pilotagem, é uma pista mais “pára arranca”, ao contrário do Qatar, que se centra na velocidade em curva.”

Márquez foi questionado sobre se tinha feito as pazes com Álvaro Bautista após o controverso toque no Qatar: “Falei com o Álvaro e estamos bem, mandei-lhe um WhatsApp.”

Valentino Rossi, da Movistar Yamaha, é o actual líder da geral depois da vitória na primeira corrida do ano, mas está confiança da ameaça que representa Márquez: “Nesta pista o Marc é sempre muito forte. Não só é uma pista favorável à Honda, mas é boa para o Marc!” O nove vezes Campeão do Mundo está de olhos no pódio em Austin, isto depois de ter admitido que alterou o estilo de pilotagem para poder tirar o máximo partido da nova Yamaha M1.

Rossi também falou dos rumores de que Lorenzo pode vir a correr nas 8 Horas de Suzuka: “Adoraria correr com o Jorge e também seria muito bom andar com a nova R1, mas não sei a data da corrida e no passado foi um grande esforço ir lá (2000 e 2001), pelo que este ano talvez não vá, mas talvez no futuro.”

Andrea Iannone estreou-se no pódio do MotoGP™ pela Ducati Team em Losail e sente-se confiante, mas reconhece as diferenças: “Aqui é tudo diferente, a pista não é tão fácil, é muito técnica.”

O italiano falou ainda da nova Desmosedici: “A GP15 é uma surpresa este ano, é muito rápida e já tem grande prestação, pelo que estou contente por estarmos a começar o desenvolvimento.”

Jorge Lorenzo foi afectado por problemas com o capacete no Qatar e terminou em quarto; o espanhol disse do problema: “Foi erro humano e estas coisas acontecem. Cometi um erro no ano passado, mas somos uma equipa e toda a equipa pode cometer erros, esta vez foi a HJC. Aconteceu e já é passado. Fiquei frustrado após a corrida, mas tenho de aceitar.”

O bi-Campeão do Mundo de MotoGP™ também foi questionado sobre se pode bater Márquez em Austin: “Temos de lutar pela vitória. No passado foi difícil vencer, mas temos pneus diferentes e uma moto diferente e a Yamaha está mais competitiva que no ano passado. O meu objectivo é melhorar o resultado de 2013, em que fui terceiro.”

Bradley Smith, da Monster Tech 3 Yamaha, está desejoso pela corrida depois de ter sido 5º no COTA no ano passado, mas admite que a equipa tem duro trabalho pela frente: “Enquanto pilotos satélites temos o trabalho mais árduo porque, como viram no Qatar, tive de passar pela Q1, o que foi duro devido aos muitos pilotos que estavam a usar os pneus mais macios. Mas eu e o Pol estamos contentes com a nova M1 da Yamaha e podemos claramente fazer um bom trabalho com o Valentino e o Lorenzo.”

O Campeão do Mundo de MotoGP™ de 2006 Nicky Hayden vai levar a cabo o 200º GP da carreira o domingo e disse: “Não parecem 200, já passou muito tempo e não quero falar muito porque não ganhei tantas corridas como gostaria. Dito isto, recebi muitos grandes apoios e ainda estou a tentar o meu melhor.”

Hayden foi presenteado com um bolo especial pelos pais durante a conferência de imprensa e acha que a nova Honda Open é melhor que a do ano passado: “O motor é melhor e a moto tem mais potência, o que acaba por tornar a electrónica mais importante. Temos de nos centrar nisto para tirarmos o máximo da potência extra que a moto tem.”

Finalmente, Rossi provocou a maior gargalha quando foi questionado sobre se tinha visto a corrida do Qatar na TV, ao que respondeu: “Pelo menos umas dez vezes; apesar ter sido bom voltar a ver a corrida, foi mais divertido estar na moto durante aquelas duas últimas voltas com o Dovizioso.”

A primeira sessão de Treinos Livres de MotoGP™ tem lugar na sexta-feira 10 de Abril pelas 09:55, hora local de Austin.

Tags:
MotoGP, 2015, RED BULL GRAND PRIX OF THE AMERICAS, Nicky Hayden, Marc Marquez, Valentino Rossi

Outras actualizações que o podem interessar ›