Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Oliveira: “O dia foi muito complicado”

Oliveira: “O dia foi muito complicado”

A chuva que pela primeira vez se fez sentir no COTA dificultou a vida a todos os pilotos e Miguel Oliveira não foi excepção.

O arranque dos trabalhos na segunda jornada do Campeonato do Mundo não foi fácil para os pilotos da Moto3™, com a chuva a marcar presença e a fazer com que as duas sessões de treinos livres fossem disputadas em condições de piso molhado.

O português da Red Bull KTM Ajo começou o dia usando de cautela e ficou-se pela 17ª marca, mas de tarde retirou 5,7 segundos à sua anterior melhor marca para terminar em décimo, 1,803s do mais rápido, o francês Alexis Masbou.

“O primeiro dia foi muito complicado,” reconheceu Oliveira. “As condições estiveram muito difíceis; na primeira sessão havia demasiada água na pista e foi complicado conseguir bons níveis de aderência porque o circuito não drena bem a água.”

“Contudo, perto do final da segunda sessão senti-me um pouco melhor e consegui rodar mais rápido. Queremos estar no topo e estamos a fazer tudo o que podemos para melhorar a afinação nas curvas mais apertadas, que é onde me sinto um pouco menos confortável.”

“Veremos como é a previsão do tempo para amanhã, mas parece que vai continuar a chover, pelo que temos de nos concentrar em encontrar boas sensações no molhado,” rematou.

Tags:
MotoGP, 2015, RED BULL GRAND PRIX OF THE AMERICAS, Miguel Oliveira, Red Bull KTM Ajo

Outras actualizações que o podem interessar ›