Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Lorenzo: “Os médicos disseram-me que é bronquite”

Lorenzo: “Os médicos disseram-me que é bronquite”

Jorge Lorenzo, da Movistar Yamaha, explicou por que motivo terminou em 11º, a 1,339s da frente, no primeiro dia de treinos em Austin.

Lorenzo usou de cautela na primeira sessão de treinos devido à falta de aderência, o que o levou a terminar em nono com um tempo de 2:21,486s. Com a pista a secar na FP2 o espanhol foi melhorando de forma gradual para chegar aos 2:06,174s. Ele ocupa o 11º lugar na tabela de tempos combinados, a menos de cinco décimos de segundo do colega de equipa Valentino Rossi, me sexto.

Jorge Lorenzo:
“Foi um dia muito difícil para mim. Desde manhã que me tenho sentido mal. Não me senti confortável, nem com a moto, nem comigo mesmo. A minha condição física esta sexta-feira não esteve boa, constipei-me e comecei a tomar antibióticos por me sentir doente. Não consegui trabalhar da forma normal; sinto-me fraco devido ao frio. Os médicos disseram-me que é bronquite e sofro muito quando estou na moto. Temos muito trabalho a fazer, mas primeiro tenho de recuperar. Espero estar melhor no sábado com todos os tratamentos. Lamento muito porque não conseguimos melhorar o ritmo e não consegui ser competitivo.”

Tags:
MotoGP, 2015, RED BULL GRAND PRIX OF THE AMERICAS, FP2, Jorge Lorenzo, Movistar Yamaha MotoGP

Outras actualizações que o podem interessar ›