Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Bridgestone com composto extra-duro na Argentina

Bridgestone com composto extra-duro na Argentina

A Bridgestone antevê o fim‑de‑semana e anuncia compostos que vai disponibilizar no #ArgentinaGP.

O MotoGP™ regressa à América do Sul este fim‑de‑semana para a terceira jornada de 2015, para a segunda visita do Mundial ao circuito de Termas de Río Hondo, na Argentina.

Compostos de pneus para a Argentina:
Compostos slick da Bridgestone – Frontal: Macio, Médio e Duro;
Traseiros: Médio e Duro (Assimétrico) e Extra-duro (Simétrico)
Compostos de chuva da Bridgestone: Macio (Principal) e Duro (Alternativo)

Os 4,806 km do circuito de Termas de Río Hondo caracterizam-se por numerosas curvas rápidas e longas que não só proporcionam uma corrida emocionante, como resultam numa das mais elevadas velocidades médias do MotoGP™. As velocidades elevadas, as zonas de travagens fortes e os elevados ângulos de inclinação de algumas curvas fazem com que o traçado seja um dos mais duros para os pneus, com a Bridgestone a desenvolver nova especificação de slick traseiro extra-duro especificamente para este circuito.

O Termas de Río Hondo tem um desenho desequilibrado, com nove curvas para a direita conta apenas cinco para a esquerda. Contudo, as esquerdas tendem a ser de natureza mais severa, em particular as curvas 6 e 11 geral elevadas temperaturas nos pneus, se bem que o desgaste no ombro direito do pneu é mais elevado devido ao maior número de curvas para esse lado.

As opções de pneus traseiros para os pilotos de Fábrica da Honda e Yamaha são os slicks duro e extra-duro, enquanto os restantes pilotos de MotoGP™ têm acesso aos compostos médio e duro. A nova especificação extra-dura do slick traseiro será assinalada com uma linha amarela. Com tempo e condições de pista variáveis em perspectiva para o circuito argentino, os pilotos vão poder escolher entre três opções de slick frontal: o macio, o médio e o duro para garantirem a melhor prestação ao longo do fim‑de‑semana de corrida.

O principal pneu de chuva para o Grande Prémio da Argentina será o composto macio e todos os pilotos vão também poder optar por até dois pneus frontais e traseiros do composto duro, o alternativo.

Hiroshi Yamada - Director do Departamento de Competição da Bridgestone:
“Após uma bem sucedida corrida de MotoGP no circuito de Termas de Río Hondo no ano passado, é com alegria que regresso à América do Sul porque este é um dos principais mercados da Bridgestone e porque se trata de um região com grande tradição de desportos motorizados. Os argentinos receberam a corrida de braços abertos no ano passado e espero que possamos ver mais uma grande enchente para o segundo Grande Prémio nesta fantástica pista. O circuito em si é rápido, fluído e exigente para os pneus e os dados que recolhemos no ano passado permitiram-nos desenvolver uma distribuição de pneus revista, incluindo uma nova especificação de slick traseiro extra-duro. Estou desejoso por ver como a nova distribuição de pneus vai funcionar  e como das duas primeiras corridas foram fantásticas, espero ver mais um emocionante despique neste fim‑de‑semana.”

Shinji Aoki - Director do Departamento de Desenvolvimento de Pneus de Competição da Bridgestone:
“O Circuito Termas de Río Hondo foi uma novidade no calendário do ano passado e um dos mais duros para os pneus. A pista tem uma velocidade média elevada com algumas secções com elevados ângulos de inclinação, enquanto curvas como a 6 são longas e rápidas, o que gera grandes cargas. O circuito é interessante nisso, se bem que tem nove curvas para a direita em comparação com cinco esquerdas; mas o ombro esquerdo tem temperaturas mais elevadas que o direito devido às curvas para a esquerda serem mais rápidas. A distribuição de pneus para esta corrida conta com compostos mais duros que noutros circuitos para garantir elevados níveis de durabilidade, estabilidade e resistência ao calor. Este fim‑de‑semana será também a estreia do slick traseiro extra-duro que vamos disponibilizar para os pilotos de fábrica da Honda e Yamaha.”

Tags:
MotoGP, 2015, GRAN PREMIO RED BULL DE LA REPÚBLICA ARGENTINA

Outras actualizações que o podem interessar ›