Compra de bilhetes
VideoPass purchase

França é palco da próxima batalha da Moto2™

França é palco da próxima batalha da Moto2™

A corrida de Jerez de Moto2™ foi repleta de drama, em particular na Curva 13. Pilotos e equipas estão agora de olhos em Le Mans, França.

O gaulês Johann Zarco teve forte início de época, reclamando a vitória na Argentina e tornando-se no primeiro francês a conquistar triunfos nas duas categorias mais baixas dos Grandes Prémios. A vitória dele foi apenas a segunda de um gaulês na Moto2™, com Jules Cluzel a triunfar em Silverstone em 2010. Até à data, o seu melhor resultado em Le Mans foi o quinto posto nas classes de 125cc e Moto2™.

Zarco conta com uma margem de 16 pontos sobre Jonas Folger na classificação geral, com o germânico a levar a cabo prestação brilhante em Jerez para terminar na primeira posição e evitar incidentes. Folger voltou a entrar na luta pelo ceptro ao recuperar de duas difíceis corridas para assinar a segunda vitória da época. Ele é muitas vezes subestimado por muitos e pode continuar a surpreender em França.

Uma vez mais, a Curva 13 de Jerez foi palco de drama na última volta, com Alex Rins a cair e ficar de fora do pódio após manobra arrojada. O espanhol adaptou-se com facilidade à Moto2™ e não tem cometido erros, tirando o de Jerez. Rins conta com incrível registo em Le Mans, com três pódios em três corridas de Moto3™ e vai seguramente continuar a lutar por posições nos três primeiros.

Tito Rabat garantiu, em Jerez, o primeiro pódio do que está a ser uma complicada campanha de 2015. O espanhol só uma vez terminou nos três primeiros em França. O seu colega de equipa na Estrella Galicia 0,0 Marc VDS, Alex Márquez, terminou nos dez primeiros da Moto2™ pela primeira vez em Jerez e espera agora continuar a melhorar.

De todos os pilotos da Moto2™, Tom Luthi é talvez que conte com mais sucessos em Le Mans. O suíço venceu por duas vezes nas 125cc (2005 e 2006), bem como na Moto2™ em 2012. Luthi está actualmente a 30 pontos de Zarco no Campeonato e estará desejoso por recuperar terreno.

Le Mans é também casa para a Tech3, que actualmente faz correr Marcel Schrotter e Ricky Cardus. Schrotter estreou-se no Top 10 este ano em Jerez, enquanto Ricky Cardus ainda não pontuou. A Tech3 levou a cabo significativo esforço de desenvolvimento do próprio quadro para a classe de Moto2™ com o intento de desafiar o domínio da Kalex.

Louis Rossi, vencedor da corrida de Moto3™ de 2012, está a dar tudo para estar apto depois de se ter lesionado em Jerez. O piloto da casa tem como melhor resultado em Le Mans o 14º lugar.

A acção de pista da Moto2™ tem início pelas 10h55 (CET) de sexta-feira.

Tags:
Moto2, 2015, MONSTER ENERGY GRAND PRIX DE FRANCE

Outras actualizações que o podem interessar ›