Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Moto2™: Rabat não deixa margem para surpresas

Moto2™: Rabat não deixa margem para surpresas

O Campeão do Mundo em título da Moto2™ dominou as primeiras duas sessões de livres em Le Mans.

O primeiro dia de treinos do Monster Energy Grande Prémio de França, em Le Mans, terminou de forma muito positiva par ao Campeão do Mundo de Moto2™. Tito Rabat (Estrella Galicia 0’0 Marc VDS) liderou as duas sessões e terminou com uma marca de 1:37,625s, registo que o deixou apenas a sete milésimos da pole de 2014.

Depois de um início de época complicada no que toca à defesa do ceptro, o espanhol não perdeu tempo neste fim‑de‑semana e saltou para a frente desde o início dos procedimentos para continuar sempre em busca de um ritmo forte com o objectivo de assinar a primeira vitória do ano no domingo.

Atrás de Rabat, Thomas Luthi (Derendinger Racing Intewetten) foi segundo nos dois treinos. O suíço tem-se mostrado algo inconsistente, o que o tem impedido de lutar pelo ceptro nas últimas épocas.

Mas Luthi conta com bom conjunto de resultados em Le Mans, com duas vitórias nas 125cc e uma na Moto2™, em 2012. Se há circuito onde pode ter mais motivação para vencer é claramente este.

Entre quarto e quinto na tabela tempos combinados estão os protagonistas do início da temporada. Johann Zarco (Ajo Motorsport) chega a casa como líder da geral. Terceiro na FP1 e quarto na FP2, o gaulês está a procurar ser rápido e a esperar pelas oportunidades no dia da corrida.

Por seu lado, a quinta posição de Sam Lowes (Speed Up Racing) é motivo de esperança, principalmente depois da decepcionante corrida de há duas semanas em Espanha e na qual terminou a zeros. Com novo patrocinador principal para França, o britânico espera redimir-se no domingo com um resultado que o volte a colocar na luta pela liderança da categoria intermédia.

Em sexto terminou o estreante Álex Rins (Páginas Amarillas HP 40). Depois de arriscada corrida em Jerez, onde caiu na última curva quando tentava o segundo posto, o espanhol esteve bem nos treinos num traçado onde nunca tinha rodado a não ser com uma mono-cilíndrica de 250cc. Tal como tem demonstrado ao longo do ano, sexta-feira é sempre o primeiro dia de um novo fim‑de‑semana. Seguramente vai melhorar, se bem que ainda não se sabe se será o suficiente para assinar a primeira vitória na classe.

Atrás surge o veterano Julián Simón (QMMF Racing Team), que colocou a Speed Up no sétimo posto para ser, em conjunto com Lowes, a única oposição à KTM nos dez primeiros. Um posto atrás terminou Jonas Folger (AGR Team), vencedor do GP de Jerez após brilhante corrida, mas não se livrou de queda nesta sexta-feira, tal como o colega de equipa Axel Pons.

Tags:
Moto2, 2015, MONSTER ENERGY GRAND PRIX DE FRANCE, FP2, Thomas Luthi, Luis Salom, Tito Rabat, Derendinger Racing Interwetten, EG 0,0 Marc VDS, Paginas Amarillas HP 40

Outras actualizações que o podem interessar ›