Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Iannone: “Estou contente com o dia de hoje”

Iannone: “Estou contente com o dia de hoje”

O italiano correu lesionado, mas mesmo assim deu espectáculo ao lutar com Márquez pelo quarto posto.

Andrea Iannone, da Ducati Team, não estava fisicamente a 100%, mas nem por isso deixou de lutar como um verdadeiro titã pela quarta posição com Márquez. No final o transalpino acabou por ter de se contentar com o quinto posto.

“Foi uma corrida muito difícil para mim, talvez a mais difícil de toda a minha carreira,” reconheceu Iannone. “No início estava a sentir-me bem, tinha um bom ritmo e estava satisfeito pela forma como as coisas estavam a correr. Até à volta 10 estava a correr rápido atrás do Lorenzo e do Dovizioso, mas depois comecei a sentir dores no meu braço esquerdo e tive de usar mais o direito para compensar. Por isso, não consegui mais travar como queria. Também cometi alguns erro, perdi algum tempo e o Smith e o Marquez apanharam-me, com quem tive uma grande luta. De qualquer forma estou contente com o dia de hoje, porque foi muito difícil acabar a corrida e quero agradecer  à minha equipa por que darem uma moto realmente competitiva que me permitiu obter este resultado. Um grande agradecimento também ao pessoal da Clínica Móvel que tratou de mim durante todo o fim-de-semana”.

Tags:
MotoGP, 2015, MONSTER ENERGY GRAND PRIX DE FRANCE, RAC, Andrea Iannone, Ducati Team

Outras actualizações que o podem interessar ›