Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Pol Espargaró operado com sucesso a síndroma compartimental

Pol Espargaró operado com sucesso a síndroma compartimental

O piloto da Monster Energy Tech3 foi operado com sucesso ao braço direito para resolver problemas de síndroma compartimental.

Pol Espargaró foi alvo de cirurgia bem sucedida ao braço direito para resolver problemas de síndroma compartimental, também conhecido como “arm pump”. O espanhol sentiu muito desconforto no braço durante o último Grande Prémio em França e começou a sentir perda de força ao cabo de sete voltas. Já depois da corrida do Grande Prémio de Espanha, a 3 de Maio, o piloto tinha sentido dores, pelo que levou a cabo processo de recuperação com fisioterapia.

Contudo, a continuidade dos problemas levou-o a fazer exames médicos. Após estes foi decidido que Espargaró devia ser operado de imediato para começar o processo de recuperação o mais depressa possível e chegar à próxima jornada na melhor forma possível, em Mugello, a 31 de Maio. A operação teve lutar no Hospital Nisa Pardo Aravaca (Madrid) e foi levada a cabo com sucesso pelo Dr. Angel Villamor. Espargaró vai voltar a ser visto pelos médicos no final desta semana.

Pol Espargaró :
“Já tinha sentido desconforto no braço após vários eventos e pensei que melhorasse rapidamente após o final da corrida, mas não. Assim, fui a terapeuta físico para discutir o desconforto que senti após Le Mans e descobrimos rapidamente que tinha de ver um especialista. Decidimos reduzir o tempo entre a consulta e a operação, com o Dr. Angel Villamor, para ter o máximo de tempo possível entre a operação e a próxima corrida. A verdade é que tinha tido esta sensação antes, mas não a considerei importante, mas infelizmente nestas duas últimas corridas foi um pouco mais sério. Em Jerez pensava que as dores se deviam ao tipo de circuito e ao esforço que fiz ao tentar seguir o Lorenzo e o Márquez, nas primeiras voltas, e depois o Rossi o Crutchlow. Contudo, em Le Mans foi ainda pior porque comecei a sentir dificuldades muito cedo na corrida e quase não conseguir rodar com a moto. Felizmente a operação correu bem e agora posso voltar a trabalhar para estar na melhor forma possível nas próximas corridas."

Tags:
MotoGP, 2015, Pol Espargaro, Monster Yamaha Tech 3

Outras actualizações que o podem interessar ›