Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Ducati alinha em corrida de cavalos diferente

Ducati alinha em corrida de cavalos diferente

O idílico cenário da Piazza del Campo, em Siena, foi palco de um encontro de cavalos diferente antes do Grande Prémio de Itália TIM.

A corrida de cavalos Palio di Siena é uma das mais antigas tradições de Itália. Duas vezes por ano, as pessoas reúnem-se na pitoresca Piazza del Campo para uma corrida de cavalos diferente, onde se combina a tradição com a paixão como em mais nenhum sítio. A primeira corrida oficial teve lugar em 1644, apesar do evento em si ser muito mais antigo, com equipas de 17 regiões de Siena a competirem entre si enquanto os fãs vêm de todo o mundo para ver a corrida.

Contudo, esta manhã e como parte do Grande Prémio de Itália TIM que se disputa no Autodromo de Mugello este fim‑de‑semana, a praça foi palco de uma corrida um pouco mais extraordinária. Desta feita, havia apenas duas equipas em competição: a Ducati Team de Fábrica e a Satélite Octo Pramac Racing, com quatro “cavalos” diferentes.

Após o primeiro encontro na fantástica catedral Il Duomo de Siena para falarem com os fãs e posarem para fotografias, Yonny Hernández e Danilo Petrucci juntaram-se aos pilotos de Andrea Iannone e Andrea Dovizioso para rodarem com as Desmosedici, os cavalos mecânicos da era moderna, levando a cabo duas voltas à Piazza del Campo. Apesar dos fãs não terem contado com a presença de tantos competidores como estão acostumados, ironicamente havia mais “cavalos” em demonstração que o habitual.

Iannone estava claramente contente para alinha em algo tão especial: “Foi fantástico, havia uma atmosfera fantástica e foi um honra estar envolvido em algo que faz parte da história italiana.”

Enquanto Doziosos fez questão de explicar porque é que o Grande Prémio de Itália TIM significa tanto para ele e para a Ducati Team: “Um pódio em Mugello vale o dobro por causa do que significa para a equipa e pela paixão dos fãs da casa.”

Hernández falou de como se está a concentrar em tentar dar continuidade ao bom início de época: “Para mim é importante continuar nos dez primeiros e é esse o objectivo para Mugello.”

O seu colega de equipa Petrucci está entusiasmado por rodar com uma Ducati em Itália: “Estou desejoso por um bom resultado perante o fantástico e incrível público da casa!”

Tags:
MotoGP, 2015, GRAN PREMIO D'ITALIA TIM, Andrea Dovizioso, Andrea Iannone, Danilo Petrucci, Gabriel Hernandez, Octo Pramac Racing, Ducati Team

Outras actualizações que o podem interessar ›