Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Kent termina primeiro dia na Catalunha na frente na Moto3™

Kent termina primeiro dia na Catalunha na frente na Moto3™

O líder da classificação geral impôs a sua lei para terminar o primeiro dia do GP Monster Energy da Catalunha na frente da tabela de tempos.

A acção da Moto3™ abriu, como é habitual, as actividades no Monster Energy Grande Prémio da Catalunha, sétima jornada do Campeonato do Mundo de MotoGP™ e, também como é habitual, a competitividade na categoria mais baixa foi muita, com os 22 primeiros a ficarem separados por menos de um segundo.

O piloto da Leopard Racing voltou a mostrar por que motivo é o líder da geral ao terminar o dia na primeira posição. Kent começou por ser segundo na FP1, mas aumentou o ritmo durante a tarde para liderar os procedimentos com uma marca de 1:51,637s, o que representou uma melhoria de quatro décimos de segundo face à prestação apresentada de manhã.

Mas o domínio do britânico não foi constante, nem fácil, com oito pilotos a passarem pela liderança da tabela de tempos da tarde e com a melhor marca da sessão a ser estabelecida por 13 vezes antes de Kent, mesmo ao cair do pano, garantir a primeira posição.

Atrás dele, ficou Niccolò Antonelli, também ele um dos que passou pela liderança da segunda sessão de livres. O italiano da Ongetta-Rivacold ainda chegou a pensar que terminaria o dia na P1, mas acabou por se ver batido por meros 0,011s.

Quem também teve as mesas aspirações foi Miguel Oliveira. O piloto da Red Bull KTM Ajo, que se estreou a vencer há duas semanas no GP de Itália, liderou boa parte do treino e assinou a melhor volta por quatro vezes, mas já perto do final do treino viu-se batido por vários rivais e acabou por concluir o trabalho no sexto posto, a 0,164s de Kent depois de retirar 1,2s à sua melhor marca pessoal da manhã.

À frente do português, mas sempre separados por escassas margens, acabaram assim por ficar Alessando Tonucci (Outox Reset Drink Team), Livio Loi (RW Racing GP) e Enea Bastianini (Gresini Racing Team Moto3), também este a passar pela liderança. Também muito perto de Oliveira terminou o gaulês Fabio Quartararo. O jovem estreante foi sétimo, a meros 0,005s de Miguel e com 0,095s de vantagem sobre o colega de equipa na Estrella Galicia 0,0 Jorge Navarro. 

Hiroki Ono, companheiro de equipa de Kent, foi outro dos pilotos a passar pela primeira posição ao longo da tarde, mas incapaz de igualar o ritmo dos rivais teve de se contentar com a nona posição, à frente de Philipp Oettl (Schedl GP Racing). Às portas do Top 10, em 11º, ficou o outro piloto da Leopard Racing Efrén Vázquez, também ele a passar pela liderança da FP2.

Com todos os pilotos a melhorarem o andamento durante a tarde, apenas Isaac Viñales não logrou apresentar andamento mais forte. O jovem espanhol da Husqvarna Factory Laglisse ainda chegou a estabelecer a melhor marca da tarde perto do início da sessão, mas nem assim conseguiu revelar-se mais lesto que durante a manhã, pelo que se ficou pela 17ª posição na tabela de tempos combinados a 0,707s da frente.

O finlandês Niklas Ajo, da RBA Racing Team, foi o último a rodar a menos de um segundo de Kent, a 0,950s, terminando o dia no 22º posto, o que, com tantos pilotos separados por menos de um segundo, deixa antever um sábado de emoções fortes, principalmente na importante qualificação.

Veja os resultados combinados da Moto3™.

Tags:
Moto3, 2015, GRAN PREMI MONSTER ENERGY DE CATALUNYA, FP2, Danny Kent, Alessandro Tonucci, Niccolò Antonelli, Leopard Racing, Outox Reset Drink Team, Ongetta-Rivacold

Outras actualizações que o podem interessar ›