Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Zarco termina dia no topo na Moto2™

Zarco termina dia no topo na Moto2™

O líder da classificação de Moto2™ foi o mais forte no arranque do Monster Energy Grande Prémio da Catalunha.

Se nas categorias de Moto3™ e MotoGP™ a maioria dos pilotos tirou bom partido das melhorias das condições climatéricas durante a tarde para aumentarem o ritmo, o mesmo não se pode dizer da Moto2™, com o pelotão a ficar dividido nesta matéria.

Aliás, o melhor tempo do dia acabou mesmo por ser o estabelecido por Johann Zarco na sessão matinal. O gaulês da Ajo Motorsport rodou em 1:46,941s na FP1 e na sessão vespertina não conseguiu melhor que a segunda marca, isto enquanto a tabela de tempos da FP2 era liderada por Sandro Cortese. O germânico da Dynavolt Intact GP retirou oito décimos ao seu melhor registo pessoal para marcar o ritmo da tarde, mas nem assim logrou fazer companhia ao líder da geral no segundo 46, ele que foi o único do dia a conseguir quebrar a fasquia dos 1:47m.

Atrás deles terminou Sam Lowes. O inglês da Speed Up Racing tinha sido segundo na FP1 e, tal como Zarco, não encontrou os argumentos necessários para ser mais rápido de tarde, ao que se juntou ainda a segunda queda do dia depois de uma de manhã.

Jonas Folger, da AGR Team, também teve de se contentar com o registo matinal, acabando o trabalho desta sexta-feira em quarto a 0,001s de Lowes e a 0,249s da frente, enquanto o Campeão do Mundo Tito Rabat foi quinto. O espanhol da Estrella Galicia 0,0 Marc VDS regressou às vitórias há duas semanas em Mugello, mas este fim‑de‑semana ainda não conseguiu impor-se face aos rivais, isto apesar de não estar longe.

Axel Pons foi sexto com a máquina da AGR Team, enquanto Alex Rins, da Páginas Amarillas HP 40 foi um dos apenas três do Top 10 a conseguir melhorar o andamento durante a tarde. O espanhol retirou sete décimos à marca pessoal para saltar de 13º da manhã para a a sétima posição.

Dominique Aegerter, que regressou ao pódio em Itália, foi oitavo com a moto da Technomag Racing Interwetten, a 0,342s da frente, enquanto Thomas Luthi (Derendinger Racing Interwetten) foi nono.

A fechar a lista dos dez primeiros ficou Luis Salom. O espanhol da Páginas Amarillas HP 40 também melhorou face ao registo matinal, retirando oito décimos à marca pessoal para subir oito lugares na classificação combinada. Enquanto isso, Ricardo Cardus (Tech3) foi 20º e o último a rodar a menos de um segundo de Zarco.

Veja os resultados combinados da Moto2™.

Tags:
Moto2, 2015, GRAN PREMI MONSTER ENERGY DE CATALUNYA, FP2, Johann Zarco, Sam Lowes, Sandro Cortese, Ajo Motorsport, Speed Up Racing, Dynavolt Intact GP

Outras actualizações que o podem interessar ›