Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Começou o Motul TT Assen

Começou o Motul TT Assen

Rossi, líder da geral, abriu a conferência de imprensa desta quarta-feira na Holanda.

Os pilotos do Campeonato do Mundo de MotoGP™ responderam à chamada nesta quarta-feira para marcarem presença na conferência de imprensa de pré-evento do Motul TT Assen, oitava jornada do Campeonato do Mundo de 2015.

Valentino Rossi (Movistar Yamaha MotoGP), líder da geral, foi o primeiro a tomar a palavra: “Assen é um circuito muito especial, o mais antigo do calendário. Também corri no anterior traçado, que também era fantástico. Desde 2006 sofreu muitas alterações e tornou-se num circuito mais normal, mas continuo a gostar dele por ser rápido e fluído. O tempo é sempre uma incógnita. Também já consegui muitas vitórias aqui, pelo que guardo grandes recordações.”

“O Jorge [Lorenzo] esteve muito forte nas últimas corridas. Só espero estar concentrado e dar o máximo a partir de quinta-feira de manhã. Ele é melhor que eu na qualificação e também há muitas motos rápidas na Q2. A Suzuki e a Ducati têm os melhores pneus e as Honda também são velozes. Partir para a corrida desde a terceira linha da grelha é duro e, quando recupero terreno, o Jorge já está muito longe.”

Jorge Lorenzo (Movistar Yamaha MotoGP) chega a Assen após quatro vitórias consecutivas e na segunda posição da tabela a apenas um ponto do colega de equipa: “Fiz boas corridas em Assen nos últimos anos, mas agora a nossa moto é muito melhor e permite-nos ser mais constantes. Estamos em boa forma e sinto-me mais forte que nunca. Espero continuar assim. O pior deste circuito é que nunca sabes se vai chover. Muitas vezes o céu parece que vai rebentar.”

Questionado sobre o panorama durante os treinos, o piloto da Yamaha respondeu: “É muito difícil. A nosso moto não é a melhor para conseguir um bom tempo numa só volta. Só o consegui em Jerez. A partir daí tem sido duro estar na primeira linha devido à vantagem que a Suzuki e a Ducati têm com os pneus.”

Para Andrea Iannone, terceiro na tabela pontual, o Motul TT Assen volta a representar a oportunidade de subir ao pódio, já que em Barcelona se viu arredado dos três primeiros: “Tenho boas memórias deste circuito. Estamos num momento positivo, mas nos anos anteriores este circuito foi difícil para nós. Agora estamos muito melhor. Espero que estejamos bem este fim‑de‑semana.”

Sobre a recente competitividade da Suzuki nas qualificações o italiano da Ducati Team disse: “A Suzuki está forte neste momento, tem melhorado a cada corrida. Em Barcelona estiveram muito bem, tanto nos treinos como na corrida. Para a Ducati as coisas não correram tão bem. O pneu macio ajudou-me muito nos treinos porque partir com os da frente é muito importante.”

Sobre a possibilidade de subir ao pódio Iannone comentou: “Um pódio? Espero que sim, mas é melhor lutar pela vitória.”

Assen representa também uma situação delicada para Marc Márquez (Repsol Honda Team), que depois da queda no GP da Catalunha vê as opções de revalidação do ceptro cada vez mais reduzidas: “Depois da última corrida necessitamos de um bom resultado. Assen é um circuito de que gosto, mas o Jorge e o Valentino estão muito fortes ultimamente. No teste de Barcelona, infelizmente, choveu e não tivemos como testar o que queríamos. O que testei pareceu-me estar bem, mas não temos muito tempo para testes durante o fim‑de‑semana.”

Bradley Smith (Monster Yamaha Tech 3) ocupa a sexta posição da geral e é o melhor piloto satélite, posição que espera manter na pista holandesa: “Está a ser uma boa temporada para mim e para a equipa. Sabia que podia fazer melhor e esta temporada traçámos como objectivo sermos os melhores entre os satélite. De momento não estamos a dar muito que falar, mas espero que continuemos a fazer as coisas bem. Temos de melhorar o nosso ritmo a partir de meio da corrida e também não consigo tirar o máximo partido do pneu frontal. Temos algumas ideias para melhorar. Espero que possamos avança com isso.”

Por seu lado, Dani Pedrosa (Repsol Honda Team) fecha a lista dos dez primeiros do Mundial após a conquista do primeiro pódio do ano há duas semanas em Barcelona: “Foi aqui que consegui a minha primeira vitória, um grande momento. Estar no pódio na Catalunha há duas semanas também foi especial. Não fiz a melhor corrida por estar em 11º no final da primeira volta, mas consegui recuperar aos poucos. Espero que aqui as coisas corram melhor no treinos para poder partir mais à frente na grelha. O braço está cada vez melhor desde a corrida de Le Mans e estou muito feliz por isso. Mentalmente é importante.”

A acção em pista tem início pelas 9 horas locais desta quinta-feira com as primeiras sessões de treinos livres de todas as categorias enquanto as corridas, como é tradicional em Assen, se disputam ao sábado.

Tags:
MotoGP, 2015, MOTUL TT ASSEN, Dani Pedrosa, Marc Marquez, Jorge Lorenzo, Andrea Iannone, Valentino Rossi, Bradley Smith, Monster Yamaha Tech 3, Repsol Honda Team, Ducati Team, Movistar Yamaha MotoGP

Outras actualizações que o podem interessar ›