Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Nieto: “O melhor de Assen é não havia muros nem árvores”

Nieto: “O melhor de Assen é não havia muros nem árvores”

O 13 vezes Campeão do Mundo de 50cc e 125cc mantém intocável o recorde de 15 vitórias no Circuito TT Assen.

Apesar de se ter retirado da competição no final da época de 1986, a Lenda do MotoGP™ Ángel Nieto continua a ter forte vínculo com o Campeonato do Mundo.

O espanhol ganhou o primeiro ceptro na categoria de 50cc em 1969, somando mais cinco até 1978, ano em que deixou a categoria mais baixa de todas para se concentrar a 100% nas 125cc. Nas oitavo de litro assinou mais sete ceptro entre 1971 e 1984.

Neto é detentor do segundo melhor palmarés da história do Campeonato em termos de títulos Mundiais, logo atrás de Giacomo Agostini, e só o italiano da MV Agusta e Valentino Rossi superam as 90 vitórias do espanhol em GPs.

Ao mesmo tempo, o antigo piloto mantém um recorde intocável: as 15 vitórias no Circuito TT Assen. É fácil pensar que guarda grandes recordações do traçado holandês.

“Na época em que corria em Assen a pista era, dentro do que havia então, das mais seguras. O melhor para os pilotos é que não havia muros nem árvores junto à pista. Isso contribuía para que se sentisse menos medo, algo que não acontecia noutros circuitos daqueles tempos. Além disso, foi sempre um traçado em que me dei bem. Agora é mais curto, mas grande parte dele pertence ao original.”

“Com o passar dos anos fizeram-se algumas alterações. Por exemplo, a chicane antes da entrada da meta não existia; era uma sequência de direitas rapidíssima e bastante perigosa já que apenas havia escapatória pela proximidade da bancada. Era uma zona importante para a chegada, mas também muito perigosa.”

O espanhol manteve-se durante mais de duas décadas entre a elite das motos mais pequenas do Campeonato do Mundo e mostrou sempre grande estratega. A sua opinião continua a ser uma das mais respeitadas do paddock e não quisemos deixar passar a oportunidade de saber o que pensa sobre a presente época.

“Creio que o problema para todos, neste momento, é que o Lorenzo está com um rendimento muito elevado, além da sua moto estar a funcionar muito bem em aspectos importantes com a passagem pelas curvas, aceleração, tem um motor muito elástico e bom chassis. Se continuar a este nível vai ser muito complicado para os outros impedirem-no de conquistar o título.”

“O Valentino está a aguentar-se a um grande nível e o Marc deparou-se com alterações na moto que não vão bem ao encontro do seu estilo de pilotagem, mas continuo a acreditar que enquanto tiver possibilidades matemáticas de lutar pelo ceptro vai continuar a fazê-lo. Ninguém pode negar o talento do Marc. Creio que o problema que teve na Argentina com o pneu deixou-o mal. Agora se quiser pressionar o Lorenzo tem a vida mais complicada.”

“De forma geral, o Mundial está muito animado. O Pedrosa também está a recuperar e as duas Ducati estão à frente em quase todas as corridas. Até a Suzuki está em bom plano. Há muito que não se via uma temporada tão bonita e interessante.”

Tags:
MotoGP, 2015, MOTUL TT ASSEN, Angel Nieto

Outras actualizações que o podem interessar ›

motogp.com
MotoGP™ entra em nova era

1 ano ago

MotoGP™ entra em nova era