Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Pedrosa regressa ao topo com tempo recorde

Pedrosa regressa ao topo com tempo recorde

Dani Pedrosa voou no Motul TT Assen para assinar a melhor volta de sempre de uma moto no traçado holandês durante a tarde de quinta-feira.

Os fantasmas do mau início de época de Dani Pedrosa, que teve de falhar três corridas consecutivas após o Qatar devido operação ao síndroma compartimental, parecem ter sido totalmente debelados pelo piloto da Repsol Honda. O espanhol, que na última jornada na Catalunha já tinha terminado no pódio, mostrou nesta quinta-feira que parece estar mesmo de regresso ao topo da categoria rainha.

Pedrosa, que de manhã tinha sido terceiro, aumentou bastante o ritmo durante a tarde. Ao retirar 1,1 segundo à sua melhor marca pessoal, o catalão não só garantiu a liderança da tabela de tempos combinados com uma marca de 1:33,450s, como estabeleceu também a melhor volta de sempre de uma moto ao circuito TT Assen, batendo o recorde que o colega de equipa e Campeão do Mundo Marc Márquez tinha estabelecido no ano passado por 0,012s.

Mas a melhoria de prestação de Pedrosa não veio sozinha, já que Márquez também se mostrou a um nível acima daquele a que se apresentou nas últimas jornadas. Depois de duas desistências consecutivas, o espanhol não se pode dar ao luxo de mais erros se quiser revalidar o ceptro pelo segundo ano consecutivo, pelo que começou o dia com a segunda marca da tabela de tempos e reforçou a prestação com novo segundo lugar na sessão da tarde a 0,139s da P1 e depois de retirar um segundo à sua anterior melhor marca.

Quem também parece ter subido a fasquia é Valentino Rossi. O líder da classificação tem-se debatido com algumas dificuldades no arranque dos Grandes Prémios de algumas jornadas a esta parte, mas desta feita mostrou-se muito forte desde o início dos trabalhos. Primeiro na sessão matinal, o italiano aumentou o andamento em sete décimos na sessão vespertina para terminar o dia no terceiro posto.

Entretanto, Andrea Iannone foi, de entre os da frente, o que mais melhorou da manhã para a tarde. Depois de ter começado este Motul TT Assen num modesto 13º posto matinal, o italiano da Ducati Team encontrou 1,8 segundos durante a segunda sessão de livres para dar por concluída a jornada de trabalho na terceira quarta posição.

Quem também está apostado em recuperar terreno depois de três corridas consecutivas a zeros é Cal Crutchlow. O britânico da CWM LCR Honda está envolvido em animado duelo pela liderança entre os pilotos Satélite com o compatriota Bradley Smith (Monster Yamaha Tech3) e começou a resposta com a quinta posição da geral depois de ter melhorado em 1,4s face ao treino da manhã.

Enquanto isso, quem se mostrou aquém do esperado foi Jorge Lorenzo. O espanhol da Movistar Yamaha MotoGP levou de vencida as últimas quatro jornadas e está agora a apenas um ponto do colega de equipa e líder Rossi, mas nesta quinta-feira parece não se ter encontrado com o Circuito TT Assen. Lorenzo até começou o trabalho com o quarto registo, mas o segundo que melhorou durante a tarde não foi o bastante para fazer frente aos rivais e, de momento, ocupa apenas a sexta posição da grelha de partida provisória a 0,291s da frente.

Andrea Dovizioso, também ele em busca dos muitos pontos perdidos nas duas últimas rondas, foi sétimo. O italiano da Ducati Team não conseguiu tirar o mesmo partido da GP15 que o colega de equipa e ficou a 0,394s de Pedrosa.

Já a Suzuki voltou a colocar os dois pilotos nos dez primeiros. É certo que não conseguiu surpreender como na Catalunha, mas a marca nipónica viu Aleix Espargaró a terminar o dia na oitava posição e o estreante Maverick Viñales em décimo, com Danilo Petrucci (Octo Pramac Racing) a terminar entre ambos.

Entretanto, Pol Espargaró (Monster Yamaha Tech3) e Yonny Hernández (Octo Pramac Racing) vão ter de melhorar o andamento caso queiram assegurar a passagem directa para a decisiva Q2 de sexta-feira, não fossem eles 11º e 12º, respectivamente, e os dois últimos a menos de um segundo da P1. Smith é outro dos pilotos que terá de encontrar algo durante a noite para evitar a passagem pela Q1 e melhorar o 13º posto.

Veja os resultados combinados do MotoGP™.

Tags:
MotoGP, 2015, MOTUL TT ASSEN, Marc Marquez, Valentino Rossi, Stefan Bradl, Dani Pedrosa, Movistar Yamaha MotoGP, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›