Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Equipas e construtores optimistas com medidas 2017-2021

Equipas e construtores optimistas com medidas 2017-2021

Construtores e equipas acreditam que medidas anunciadas no Dutch GP vão garantir a viabilidade do MotoGP™ a longo prazo.

A redução de custos através da estabilidade técnica, limites de preços, maiores apoios para as equipas, limite de inscrições e várias outras medidas positivas foram anunciadas esta sexta-feira pelo CEO da Dorna Sports, Carmelo Ezpeleta, em conjunto com o Presidente da FIM Vito Ippolito e o Presidente da IRTA Hervé Poncharal.

O conjunto de decisões da Comissão de Grandes Prémios vai garantir o compromisso de longo prazo dos construtores participantes e a viabilidade do Campeonato do Mundo de MotoGP™ para as equipas independentes.

Seguem-se as opiniões de algumas das principais figuras do paddock do MotoGP:

Romano Albesiano, Director da Aprilia Racing Team: “A estabilidade do Campeonato é a principal prioridade da Dorna. Do lado técnico haverá estabilidade de regulamentos, o que é positivo para todos os construtores. Também é importante para o Campeonato investir dinheiro em algo que vai durar muito tempo e que é estável.”

Michael Bartholemy, Director Desportivo da Estrella Galicia 0,0 Marc VDS Racing: “São notícias fantásticas! Para uma equipa como a nossa, no primeiro ano no MotoGP™, é uma grande mudança; estou orgulhoso de ter chegado aqui. É claro que estes são tempos difíceis para todos e sem o apoio da Dorna seria difícil chegar ao final da época. É um grande passo para todos, para o Campeonato. As alterações técnicas vão aproximar as coisas no futuro; será um bom Campeonato!”

Davide Brivio, Director do Team Suzuki ECSTAR: “Garantir a estabilidade do desporto é sempre muito importante – quando trabalhas para uma grande empresa como a Suzuki, poder trabalhar durante alguns anos nas mesmas condições, com as mesmas regras, torna o trabalho mais fácil. Também é muito bom para o Campeonato; financeiramente as cinco equipas oficiais podem fazer a sua própria gestão, mas não podemos ter um Campeonato com cinco equipas, pelo que é muito importante garantir o apoio das equipas independentes e de um pelotão de 24 pilotos.”

Lucio Cechinello, Director Técnico da CWM-LCR Honda MotoGP: “São notícias muito importantes para nós enquanto equipa independente; sabemos muito bem que as coisas ficam sempre mais difíceis em termos de obtenção de apoio dos patrocinadores, pelo que esta forma de tornar o desporto sustentável é uma grande notícia para nós.”

Paolo Ciabatti, Director Desportivo da Ducati Corse e Director de Projecto de MotoGP da Ducati Motor Holding: “A estabilidade dos regulamentos técnicos vai ajudar muito os construtores e também o apoio que a Dorna vai dar às equipas satélite será benéfico. No geral, é um bom conjunto de medidas para garantir a viabilidade e estabilidade do Campeonato.”

Lin Jarvis, Director da Yamaha Factory Racing: “É muito bom ter tantos construtores a participar, cinco de momento e seis quando a KTM entrar – é uma boa base para o desporto. A Dorna conseguiu aumentar o apoio às equipas independentes em particular e isso é muito positivo porque vai permitir garantir a estabilidade dessas formações, que vão poder apresentar pacotes e qualidade e vão conseguir relacionar-se com os construtores a médio e longo prazo.”

Livio Suppo, Director da Repsol Honda Team: “É uma decisão muito boa por parte da FIM e da Dorna. Estamos muito contentes por saber que as regras se vão manter constantes ao longo do tempo porque isso reduz os custos e também haverá mais competição entre todos. O novo sistema de apoio às equipas satélite é uma boa ideia; actualmente todos os desportos necessitam de apoios maiores por parte dos organizadores e penso que a Dorna está a trabalhar na direcção certa.”

Tags:
MotoGP, 2015, MOTUL TT ASSEN

Outras actualizações que o podem interessar ›

motogp.com
MotoGP™ entra em nova era

2 anos ago

MotoGP™ entra em nova era