Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Sachsenring pronto para receber luta pelo título do MotoGP™

Sachsenring pronto para receber luta pelo título do MotoGP™

Valentino Rossi vai para Sachsenring para o GoPro Motorrad Grande Prémio da Alemanha com dez pontos de vantagem na geral.

O Grande Prémio da Alemanha de 2015 será o 77º disputado no país, com o lendário circuito de Sachsenring a ser palco da prova desde 1998. O traçado de 3,6 km da Saxónia recebeu o primeiro GP da Alemanha de Leste em 1961, mas agora vai ser palco do próximo capítulo da época de 2015 do Campeonato do Mundo de MotoGP™.

Rossi e Marc Márquez fizeram os cabeçalhos no GP da Holanda com a intensa batalha que acabou por os levar ao toque na última chicane e agora devem voltar a recolher todas as atenções.

Rossi, depois de assinar a terceira vitória da época em Assen, conta com dez pontos de vantagem sobre o colega de equipa Jorge Lorenzo no topo da classificação. “The Doctor” já venceu em Sachsenring por quatro vezes na categoria rainha, se bem que a última vitória remonta a 2009, quando chegou ao GP da Alemanha em circunstâncias semelhantes às actuais. O italiano tinha nove pontos de margem sobre Lorenzo, e também tinha já ganho três corridas nessa época. Rossi espera que a história se repita, já que ele venceu esse embate em Sachsenring por apenas 0,099s a caminho do nono ceptro mundial. O transalpino só conseguiu ser quarto na corrida molhada do ano passado, a 19 segundos de eventual vencedor Marc Márquez.

Lorenzo vai tentar tudo para recuperar de uma prestação mais fraca em Assen e que não lhe permitiu mais que a terceira posição. O bi-Campeão do Mundo de MotoGP™ teve dificuldades para encontrar o ritmo que o levou a liderar as quatro corridas anteriores de início a fim. O circuito de Sachsenring é um dos apenas três traçados do actual calendário onde o espanhol ainda não venceu, os outros a serem Austin e Argentina. Lorenzo foi terceiro na corrida do ano passado e terminou sempre nos três primeiros nas últimas cinco corridas para que partiu na Alemanha.

Marc Márquez, da Repsol Honda, vai em busca de vingança depois de ter perdido para Rossi na última chicane de Assen. O Campeão do Mundo de MotoGP™ parece ter recuperado confiança com a RC213V ao fazer uso de uma moto híbrida, com quadro de 2014 e motor, braço oscilante e electrónica deste ano; diz que assim tem mais margem para erro. Márquez pode estar a 74 pontos de Rossi na geral, mas ainda pode ter um papel vital na luta pelo ceptro de 2015, tal como demonstrou no GP da Holanda. O espanhol dominou as duas últimas edições da prova em Sachsenring, vencendo as duas corridas desde a pole e garantindo a melhor volta; agora com confiança renovada na moto volta a ser uma verdadeira ameaça na Alemanha.

Dani Pedrosa foi oitavo na Holanda depois de se debater com problemas durante a corrida aos comandos da segunda moto, tudo por causa de queda que sofreu no Warm Up matinal. O espanhol está em busca do segundo pódio do ano, isto numa pista onde foi segundo em 2014 e na qual é o piloto mais bem sucedido com seis vitórias (2x250cc; 4xMotoGP).

Andrea Iannone, da Ducati Team, consolidou o terceiro posto no campeonato ao terminar na quarta posição em Assen; a terceira vez consecutiva em que foi o melhor piloto da marca italiana, aumentando a vantagem para o colega de equipa Andrea Dovizioso para 20 pontos. Iannone foi quinto no ano passado em Sachsenring com a Pramac Ducati, o seu melhor resultado de MotoGP™ no traçado germânico, apesar de ter conquistado um pódio na Moto2™ em 2010. Já Dovizioso vai tentar voltar aos lugares da frente depois de problemas com o banco o terem relegado para 12º na Holanda. Um resultado que surgiu após duas desistências em Mugello e Catalunha.

Quem também deverá reclamar algumas atenções é o Team Suzuki Ecstar; Aleix Espargaró e Maverick Viñales têm brilhado ao colocar a GSX-RR nos dez primeiros por várias vezes e nada leva a crer que não sejam capazes de repetir o feito em Sachsenring.

Enquanto isso, na luta pela melhor posição entre os pilotos satélite, Bradley Smith (Monster Yamaha Tech3) leva vantagem na geral sobre Cal Crutchlow (CWM LCR Honda), contudo na última jornada quem levou a melhor foi Pol Espargaró ao bater o piloto da Honda e o companheiro de equipa. A ver qual será o desfecho neste fim‑de‑semana.

Já no que toca aos pilotos Open, Loris Baz (Athinà Forward Racing) levou a melhor em Assen e está agora apenas a dois pontos do líder da classe Héctor Barberá (16pts), enquanto Nicky Hayden (Aspar MotoGP Team) vai tentar ir além do 16º lugar da Holanda para voltar à luta.

O GoPro Motorrad Grande Prémio da Alemanha tem início com a conferência de imprensa de pré-evento de quinta-feira, pelas 17 horas locais, com a acção em pista a começar pelas 9 horas locais com a primeira sessão de treinos livres.

Tags:
MotoGP, 2015, GoPro MOTORRAD GRAND PRIX DEUTSCHLAND, Valentino Rossi, Andrea Iannone, Dani Pedrosa, Maverick Viñales, Jorge Lorenzo, Marc Marquez, Stefan Bradl, Andrea Dovizioso, Repsol Honda Team, Ducati Team, Team SUZUKI ECSTAR, Movistar Yamaha MotoGP, Forward Racing

Outras actualizações que o podem interessar ›