Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Kent domina primeiro dia em Sachsenring

Kent domina primeiro dia em Sachsenring

O líder do Campeonato do Mundo de Moto3™ foi o mais forte no primeiro dia do GoPro Motorrad Grande Prémio da Alemanha.

Dany Kent, da Leopard Racing, voltou a dominar os procedimentos no primeiro dia do GoPro Motorrad Grande Prémio da Alemanha. Depois de ter sido o mais rápido da manhã o britânico repetiu a dose durante a tarde, melhorando a marca pessoal nuns meros 0,089s para ser o único piloto a rodar no segundo 26 com um registo de 1:26,937s.

Atrás dele ficou Niccolò Antonelli. O piloto da Ongetta-Rivacold melhorou de forma significativa durante a segunda sessão de livres ao aumentar o ritmo em 0,8s, ainda assim terminou a uns distantes 0,678s da frente. Mas a vantagem do italiano é curta, já que o gaulês Alexis Masbou, da Saxoprint RTG, se quedou a meros 0,043s de distância depois de também ele ter apresentado um andamento bem mais forte ao retirar 0,9 segundos à sua marca matinal.

Quem não melhorou foi Fabio Quartararo. O estreante da Estrella Galicia 0,0 tinha sido segundo durante a manhã, mas ao não conseguir incrementar o ritmo durante a tarde acabou por se ver relegado para quarto.

Prestação diametralmente oposta teve Philipp Oettl. A rodar em casa, o piloto da Schedl GP Racing retirou 1,2s à marca matinal, o que lhe permitiu saltar do 19º lugar que ocupou na primeira sessão de treinos livres para a quinta posição, mesmo à frente de Karel Hanika. O checo da Red Bull KTM Ajo também se mostrou mais forte durante a tarde e depois de registar o 12º tempo durante a manhã acabou por terminar o dia em sexto, a 0,868s da frente.

Enquanto isso, o segundo da geral, Enea Bastianini terminou este primeiro dia de acção em Sachsering na sétima posição para ser o último a rodar a menos de um segundo de Kent. Contudo, o italiano da Gresini Racing Team Moto3 perdeu muito andamento e, tal como Quartararo, foi um dos apenas quatro pilotos do pelotão a não melhorar durante a tarde, o que acabou por se traduzir na queda da terceira posição para a sétima na tabela de tempos combinados.

Oitavo do dia foi o colega de equipa de Kent. Efrén Vázquez só logrou retirar 0,05s à sua melhor marca pessoal para terminar a 1,003s da frente, com Andrea Locatelli (Gresini Racing Team Moto3) a ser nono e Peco Bagnaia (Mapfre Team Aspar) a completar o Top 10 a 1,069s da P1.

Para esquecer foi o dia para Miguel Oliveira. O piloto da Red Bull KTM Ajo sofreu aparatosa queda na primeira sessão de livres, sendo cuspido da moto na Curva 1, um contratempo do qual resultou a fractura do quarto metacarpo esquerdo. Em consequência, o português vai ficar de fora do GoPro Motorrad Grande Prémio da Alemanha e deverá ser operado amanhã, em Portugal, pelo Dr. Gonçalo Morais Sarmento.

“O Miguel vai ser operado amanhã,” começou por adiantar o Director Desportivo Aki Ajo. “Felizmente acabou por não ser um acidente grave, mas o Miguel teve o azar de sofrer uma fractura. Ainda assim, os médicos estão optimistas e acreditam que ele vai recuperar a tempo de Indy,” rematou.

Veja os resultados combinados da Moto3™.

Tags:
Moto3, 2015, GoPro MOTORRAD GRAND PRIX DEUTSCHLAND, FP2, Danny Kent, Niccolò Antonelli, Alexis Masbou, SAXOPRINT RTG, Ongetta-Rivacold, Leopard Racing

Outras actualizações que o podem interessar ›

motogp.com
Rabat: “Estou muito bem”

2 anos ago

Rabat: “Estou muito bem”