Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Entrevista Binder: “O objectivo é o Top 3”

Entrevista Binder: “O objectivo é o Top 3”

Brad Binder, da Red Bull KTM Ajo, avalia a prestação no Campeonato do Mundo de Moto3™ de 2015 até ao momento e fala dos planos para o Verão.

O sul-africano discute a sua prestação até ao momento naquela que é a sua quarta temporada completa na Moto3™ e antevê a segunda metade do ano:

Como avalias a tua primeira metade do ano?
“A verdade é que os primeiros nove Grandes Prémios não correram tão bem como esperava. O ano não começou mal, mas depois sofremos um bocado com o meu estilo de pilotagem, que não se adaptava à moto. Nas últimas três corridas aprendi mais que ao longo de toda a minha carreira. Basicamente, trabalhei para melhorar a minha pilotagem, tendo em conta as características da moto. Trata-se de eu e da moto estarmos na mesma frequência. Estou mais forte a cada corrida que passa.”

Foi Jerez o melhor momento dos primeiros meses da época?
“Sim, sem dúvidas. Consegui um terceiro lugar e o meu primeiro pódio do ano… mas não será o último, nem será o melhor resultado do ano, garantidamente! [risos] Estou a gostar muito e os resultados vão surgir.”

Achas que as corridas da primeira metade do ano são mais favoráveis ao teu estilo de pilotagem, ou que são as que ainda tens pela frente?
“Olho para o ano passado e na segunda metade da época as coisas começaram a correr bem. Espero que este ano seja a mesma coisa e que possa recuperar.”

Por que circuitos estás à espera na segunda parte do ano?
“Há três circuitos de que gosto: Malásia, Austrália e Japão. São também corridas consecutivas e será como umas férias para mim. É claro que todos os circuitos têm algo de especial e não tenho um circuito favorito.”

O que mudaste nas últimas corridas?
“Nas últimas corridas decidimos abrandar o desenvolvimento da moto e concentrar os esforços na minha pilotagem. Mas continuamos a ter de trabalhar na moto e encontrar o que funciona um pouco melhor com o meu estilo de pilotagem. Sabemos o que precisamos e estamos a melhorar constantemente.”

O que tens de melhorar na moto?
“Temos de melhorar a sensação no geral, em particular em travagem, e melhorar a entrada em curva. Travar é um dos meus pontos fortes e não o consigo travar bem a moto e isso complica-me as coisas.”

Como achas que se vai desenrolar o Campeonato do Mundo de Moto3™?
“Este ano é difícil de saber. Apesar de eu não ter começado bem, estou mais forte e não deixar de lutar para estar entre os três primeiros do campeonato. Eles estão um pouco à nossa frente, mas ainda há tempo.”

Qual o resultado final com que ficarias satisfeito?
“Quero terminar nos três primeiros da geral; é o meu objectivo e sei que o posso atingir – não tenho dúvidas. Tudo o que precisamos é de uma mudança clara.”

Em comparação com o ano passado, como está o nível?
“Pessoalmente, creio que o nível está muito alto, talvez mais que no ano passado. Contudo, no final do dia, a diferença entre pilotos é muito curta.”

Agora tens a paragem de Verão, o que vais fazer?
“Vou até à África do Sul. Quero passar uns dias a descontrair com os meus amigos. Não estou em casa desde Janeiro. O plano é fazer supermotard todos os dias e treinar forte para quando regressar na segunda metade do ano poder mostrar às pessoas o que fiz.”

Vais ter tempo para descansar?
“Para mim a paragem de Verão é importante para trabalhar porque não há tempo para descansar.”

Como vês do Campeonato do Mundo de MotoGP™?
“Para ser frente, não o vejo muito. Tenho muito que analisar só com a minha prestação. Estou concentrado na minha época, mas sempre fui fã do Valentino Rossi e gosto do facto dele estar na frente.”

Tags:
Moto3, 2015, Brad Binder, Red Bull KTM Ajo

Outras actualizações que o podem interessar ›

motogp.com
O toque de Ajo

1 ano ago

O toque de Ajo