Compra de bilhetes
VideoPass purchase

CIP busca talento na Bulgária

CIP busca talento na Bulgária

Dando continuidade à experiência na busca de jovens pilotos, a CIP começa agora a explorar outros países, como a Bulgária.

Com experiência na busca de jovens pilotos, a CIP Team, liderada por Alain Bronec, vai começar a levar a sua experiência para novos países, a começar pela Bulgária. A curto prazo este iniciativa tem por objectivo introduzir pilotos belgas no Campeonato do Mundo de MotoGP™. O motogp.com esteve com Alain Bronec para saber mais sobre o processo de internacionalização.

Quais são os objectivos da CIP em relação a pilotos búlgaros?
“O objectivo para a Bulgária é trabalhar de perto com um grupo de patrocinadores do país para sublinhar os jovens talentos búlgaros. Primeiro agimos como elo de ligação entre os patrocinadores e o Campeonato do Mundo. Para a CIP o segundo passo será encontrar jovens pilotos e possivelmente levá-los até ao Campeonato do Mundo Júnior de Moto3™ em 2016 e 2017, talvez mesmo no final de 2015 como wildcards, ou algo, no Campeonato de França.”

Esta época o Tatsuki Suzuki corre com a CIP no Campeonato do Mundo; é este o modelo que estão a seguir?
“Na verdade, temos o exemplo do Tatsuki Suzuki. Ele é um piloto de um campeonato regional no Japão onde o nível é muito modesto. Convidámo-lo a participar nas duas últimas corridas do CEV em 2013. Tendo em conta os resultados apresentados demos os passos para levarmos a cabo a temporada de 2014 completa com ele. Ao longo da temporada trabalhámos muito com o Tatsuki para o ajudarmos a progredir. Também o ajudámos a integrar-se na Europa ao colocá-lo numa escola internacional. Hoje ele corre no Campeonato do Mundo. Queremos repetir este processo com outros pilotos. Com a ajuda de patrocinadores esta abordagem parece promissora e interessante.”

Para que Campeonatos estás a olhar em busca de novos talentos?
“Não há um nível elevado no Campeonato da Bulgária; há o Campeonato Alpe Adria. Alguns dos pilotos, alguns um pouco mais velhos, participam em algumas corridas em Itália. Vamos tentar encontrá-los cedo para os podermos levar rapidamente ao nível mais elevado da competição.”

Poderá a CIP olhar para outros países que não a Bulgária no futuro?
“Se conseguirmos fazer algo interessante na Bulgária é claro que podemos acabar por ter uma equipa júnior que faça correr dois pilotos no Campeonato do Mundo Júnior. É apenas o início. Temos a experiência e acreditamos que somos capazes de oferecer bom retorno rapidamente.”

Tags:
Moto3, 2015, CIP

Outras actualizações que o podem interessar ›