Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Álex Rins estreia-se a vencer na Moto2™

Álex Rins estreia-se a vencer na Moto2™

Depois de se qualificar na pole, Álex Rins garantiu a primeira vitória de Moto2™ à frente de Johan Zarco e Franco Morbidelli em Indy.

A décima jornada do Campeonato do Mundo de Moto2™, disputada este domingo em Indianápolis, terminou com a vitória de Álex Rins (Páginas Amarillas HP 40), que se impôs ao líder da classificação Johann Zarco (Ajo Motorsport) e a Franco Morbidelli (Italtrans Racing Team); o italiano estreou-se no pódio na categoria intermédia.

Dominique Aegerter (Technomag Racing Interwetten), o Campeão do Mundo da categoria Tito Rabat (Estrella Galicia 0,0 Marc VDS) e Thomas Luthi (Derendinger Racing Interwetten) foram os nomes que se seguiram, com Axel Pons (AGR Team), Xavier Simeon (Federal Oil Gresini Moto2), Takaaki Nakagami (Idemitsu Honda Team Asia) e Álex Márquez (Estrella Galicia 0,0 Marc VDS) a completarem o Top 10.

À partida Rabat levou a melhor e passou para a frente, seguido de Rins, que pouco depois passava para primeiro, enquanto Julián Simón (QMMF Racing Team) começava por rodar em terceiro para depois também superar o Campeão em título. Hafizh Syahrin (Petronas Raceline Malaysia) também atacou de início, assumindo a liderança do pelotão antes do final da primeira volta.

Sam Lowes (Speed Up Racing) também esteve entre os primeiros no início da prova, grupo do qual também faziam parte Zarco, Aegerter e Jonas Folger (AGR Team).

Durante a segunda volta as posições estabilizaram-se, com Lowes à cabeça de corrida seguido por seguido por Aegerter, Simón, Syahrin, Rins e Zarco. Enquanto iso, Rabat caía até 11º, com Lowes a dar o máximo e a tentar abrir vantagem. Foi nessa altura que Simón foi ao chão na Curva 9.

A luta pela liderança da corrida passava a centrar-se no grupo formado por Syahrin, Lowes, Zarco e Aegerter, com Rins, Azlan Shah (Idemitsu Honda Team Asia) e Rabat a não rodarem muito longe.

As trocas de posições foram várias na frente e durante a sétima volta o líder da corrida era Zarco com Syahrin, Aegerter, Lowes, Rins e Rabat na cola. Uma volta depois Zarco, Aegerter e Syahrin tentavam escapar, mas sem sucesso, com Rabat a recuperar o terreno enquanto Mika Kallio (Italtrans Racing) sofria queda.

Treze voltas volvidas Rins já tinha recuperado a compostura para rodar em segundo, atrás de Aegerter, e seguido de Zarco, Rabat e Syahrin. Morbidelli também ganhava terreno para passar pouco depois o malaio e assumir a quinta posição.

Duas voltas depois Rins passava para primeiro, mas era rapidamente superado por Zarco. Contudo, o espanhol não se ficou e respondeu com o grupo da frente a dar mostras de alguma estabilização com Rins, Aegerter, Zarco, Rabat e Morbidelli. Atrás deles surgiam Luthi e Lowes. O suíço haveria de conseguir estabelecer o contacto com o grupo à 18ª volta, enquanto Lowez só lograva o mesmo feito na 19ª volta e Syahrin na 21ª.

A cinco voltas do final Aegerter e Zarco tinham conseguido alguns metros de vantagem sobre os demais. O gaulês passava para a frente da corrida, mas acabava por perder tudo o que tinha ganho pouco depois. Já Lowes terminava a corrida mais cedo devido a queda.

A duas voltas do final Rins tomava a iniciativa e separava-se do grupo, com Zarco con Morbidelli, Luthi, Aegerter, Rabat e Luthi a ficarem um pouco atrás. Na última volta Syahrin foi ao chão eRins manteve a liderança para se estrear a vencer na categoria intermédia com Zarco e Morbidelli a completarem o pódio.

Veja os resultados da Corrida de Moto2™ em Indianápolis.

Tags:
Moto2, 2015, RED BULL INDIANAPOLIS GRAND PRIX, RAC, Alex Rins, Franco Morbidelli, Johann Zarco

Outras actualizações que o podem interessar ›