Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Intensa batalha pelo título move-se para Brno

Intensa batalha pelo título move-se para Brno

A luta pela coroa do MotoGP™ tem agora lugar no bwin GP da República Checa com Rossi a contar com nove pontos de vantagem sobre Lorenzo.

O Campeonato do Mundo de MotoGP™ chega ao Autódromo de Brno para a 11ª jornada da época numa altura em que a luta pelo ceptro está rubro e apenas uma semana depois de Indianápolis.

Valentino Rossi (195 pontos) é o actual líder, com Jorge Lorenzo em segundo, a nove pontos, enquanto Marc Márquez está a 56 depois de ter recuperado terreno em Indy e de ter chegado ao terceiro posto da geral, margens que deixam antever mais um fim‑de‑semana de emoções fortes.

No anos últimos Brno tem sido mais favorável à Honda, que venceu as últimas quatro corridas disputadas no traçado. No ano passado o triunfo foi para Dani Pedrosa, que colocou ponto final na impressionante sequência de dez vitórias do colega de equipa na Repsol Honda Marc Márquez, que não foi além de quarto, atrás de Jorge Lorenzo e de Valentino Rossi.

Desta feita, o Campeonato apresenta-se bem diferente de há 12 meses e depois do italiano da Movistar Yamaha, Rossi, ter perdido alguma da margem que tinha na frente da classificação para o colega de equipa Lorenzo, o embate de Brno promete novas emoções. Rossi é o piloto mais bem sucedido na pista desde a introdução da era do MotoGP™, com quatro triunfos, mas o mais recente remonta a 2009, e o terceiro lugar do ano passado foi o único pódio desde então.

Lorenzo, que foi segundo em Indianápolis atrás de Márquez, conta também com quatro vitórias no traçado checo, mas em todas as classes (125cc – 2004, 250cc – 2006/7 e MotoGP™ – 2010), sendo que foi o último piloto não Honda a vencer na pista. Mas o que pode ser mais relevante é o facto do espanhol nunca ter terminado atrás do italiano desde 2010 na República Checa.

Enquanto isso, Marc Márquez chega a Brno após duas vitórias consecutivas. Os progressos do Campeão do Mundo levaram-no a subir ao terceiro posto da geral, uma situação bem diferente daquela em que se encontrava no ano passado, em que chegava a Brno com dez vitórias… Curiosamente seria na pista checa que Márquez veria interrompida essa sequência e acabaria por terminar em quarto. De todas as formas, o espanhol venceu na pista na época de estreia no MotoGP™, em 2013, e também na Moto2™, em 2012.

Quem também conta com quatro triunfos em todas as classes em Brno (125cc – 2003, 250cc – 2005, MotoGP™– 2012/2014) e poderá ter importante palavra a dizer agora que está em melhor momento de forma é o colega de equipa de Márquez, Dani Pedrosa. A vitória do ano passado foi com meio segundo de margem e depois de ter perseguido o líder inicial Lorenzo.

Já no que toca à Ducati, Andrea Iannone e Andrea Dovizioso levaram a cabo emocionante batalha pelo quinto posto em 2014, com Iannone e levar a melhor sobre o compatriota, se bem que na altura a correr com as cores da Satélite Pramac Racing. Este ano Iannone tem-se mostrado mais forte que Dovizioso nas últimas jornadas, mas tanto um, como o outro, têm estado aquém das prestações que os levaram ao pódio no início do ano. E a verdade é que Brno pode ser o ponto de viragem, não contassem ambos com pódios no traçado nas várias classes.

Enquanto isso, os pilotos do Team Suzuki Ecztar, Aleix Espargaró e o estreante Maverick Viñales vão tentar regressar aos dez primeiros em Brno após não o terem conseguido em Indy. No ano passado Espargaró conseguiu o melhor resultado da carreira na pista checa com o oitavo lugar, enquanto Viñales foi sexto na Moto2™.

Entretanto, a luta pela liderança entre os pilotos Satélite continua ao rubro. Bradley Smith, da Monster Yamaha Tech3 lidera com 97 pontos, seguido de Cal Crutchlow, da CWM LCR Honda com 74 pontos, enquanto Pol Espargaró está colado ao britânico com 73.

Na Open a liderança é de Héctor Barberá (Avintia Racing) com 20 pontos, enquanto Loris Baz, da Forward Racing é segundo (14 pts) e vai voltar à acção depois de ter falhado o GP de Indianápolis devido aos problemas financeiros da equipa.

O bwin Grande Prémio da República Checa começa com a conferência de imprensa de pré-evento pelas 17 horas locais de quinta-feira, enquanto a acção em pista arranca pelas 9 horas locais de sexta.

Tags:
MotoGP, 2015, bwin GRAND PRIX ČESKÉ REPUBLIKY

Outras actualizações que o podem interessar ›