Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Luta pelo segundo lugar aumenta na Moto2™

Luta pelo segundo lugar aumenta na Moto2™

Zarco continua com vantagem, mas o bwin Grande Prémio da República Checa será crucial na luta pela segunda posição.

Álex Rins (Páginas Amarillas HP 40) estreou-se a vencer no Campeonato do Mundo de Moto2™ em Indianápolis, defendendo-se de um pelotão de aguerridos pilotos. Rins já tinha mostrado potencial ao longo do ano, e finalmente converteu-o em resultados em Indy. Em 2014 ele festejou a vitória na Moto3™ uma volta antes do tempo e acabou por terminar num desapontante nono lugar. Com o triunfo do passado domingo o espanhol é agora segundo da geral, com três pontos de vantagem sobre Tito Rabat (Estrella Galicia 0,0 Marc VDS Racing).

Ainda com 71 pontos de vantagem sobre os demais, Johann Zarco (Ajo Motorsport) está tranquilo na frente. Rabat e Rins terão de fazer magia nas últimas oito jornadas para apanharem o gaulês. O melhor resultado de Zarco em Brno surgiu em 2011 com o segundo lugar nas 125cc, ano em que lutou com Nico Terol pelo ceptro. Desde que passou para a Moto2™ Zarco tem como melhor resultado a quinta posição de 2013. 

No ano passado Tito Rabat venceu com três segundos de margem a caminho da coroa, mas 2015 não está a ser fácil par o espanhol, com quedas e lesões a quase impossibilitarem a defesa do título. Antes do triunfo no ano passado Rabat tinha resultados mistos em Brno, mas foi a partir desse momento que iniciou uma sequência de três vitórias e se o conseguir repetir agora poderá reacender a luta.

Nos últimos quatro anos Thomas Luthi (Derendinger Racing Interwetten) terminou nos cinco primeiros, incluindo dois pódios, e este ano tem sido regular nos seis primeiros, mas ainda lhe faltam alguns décimos para lutar pelo pódio. Pode ser que surjam agora.

Tags:
Moto2, 2015, bwin GRAND PRIX ČESKÉ REPUBLIKY

Outras actualizações que o podem interessar ›