Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Smith: “Fadiga não é um problema”

Smith: “Fadiga não é um problema”

Smith não está preocupado com a segunda corrida consecutiva de MotoGP™ após a paragem de Verão, o bwin Grande Prémio da República Checa.

Bradley Smith (Monster Yamaha Tech 3) voltou a ser o melhor piloto satélite em Indy, o que o deixa confiante em novo sucesso em Brno. Em 2015 o britânico tem surpreendido muitos, invertendo a sorte pessoal e dominando fora do grupo de pilotos de fábrica. O fantástico sexto lugar em Indianápolis surgiu após Smith ter ganho as 8 Horas de Suzuka, prova reconhecida por ser uma das mais exigentes em termos físicos. Contudo, Smith não acha que a fadiga seja problema para Brno.

Bradley Smith: “Segue o Grande Prémio checo em Brno, um circuito de que gosto. Os montes e as curvas ondulantes são divertidos de fazer na Yamaha e penso que podemos fazer um bom trabalho lá neste fim‑de‑semana. Têm sido umas semanas de loucos, desde as 8 Horas de Suzuka, no Japão, a Indianápolis e logo de seguida Brno, mas a fadiga não é um problema e estou entusiasmado para dar um bom espectáculo para os fãs. Como sempre, o nosso plano é entrar no ritmo o mais depressa possível. A afinação de base que temos tem sido forte em todos os GPs este ano e, com sorte, será o mesmo em Brno. Ainda assim, teremos trabalho a fazer, mas vou dar o máximo para tentar voltar a ser o melhor piloto satélite. Depois da corrida temos um dia de testes e depois vou começar a concentrar-me no GP seguinte, que é a minha prova caseira em Silverstone e é claramente um dos pontos altos do ano para mim.”

Tags:
MotoGP, 2015, bwin GRAND PRIX ČESKÉ REPUBLIKY, Bradley Smith, Monster Yamaha Tech 3

Outras actualizações que o podem interessar ›