Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Lorenzo mais rápido do dia

Lorenzo mais rápido do dia

O Campeão do Mundo liderou de tarde, mas as temperaturas mais baixas da manhã deram liderança a Lorenzo, seguido de Márquez e Iannone.

As elevadas temperaturas que se fizeram sentir hoje no circuito de Brno desempenharam papel significativo neste primeiro dia de treinos livres do bwin Grande Prémio da República Checa, com 15 dos 25 pilotos da grelha de MotoGP™ a conseguirem melhorar os registos pessoais, mas o tempo mais rápido do dia foi mesmo conseguido de manhã.

O Campeão do Mundo Marc Márquez foi o mais lesto da tarde ao rodar em 1:56,513s, batendo Jorge Lorenzo por 0,076s, isto apesar de ter sofrido mais uma queda depois de também ter ido ao chão de manhã. Contudo, o piloto da Movistar Yamaha MotoGP rodou em 1:56,499s na FP1, o que o fez terminar a sexta-feira na primeira posição da tabela de tempos combinados com uma curta margem de 0,014s sobre o compatriota da Repsol Honda, que retirou 0,14s ao registo pessoal da manhã.

Na terceira posição da tarde e do dia terminou Andrea Iannone. O italiano da Ducati Team parece ter encontrado os argumentos para regressar ao topo das tabelas de tempos, mas mesmo assim terminou a 0,251s de Lorenzo.

Quem se seguiu na tabela de tempos foi Dani Pedrosa (+0,285s). O espanhol da Repsol Honda levou a melhor sobre Andrea Dovizioso (+0,322s) e Valentino Rossi (+0,539s), qualquer um dos três a não não melhorar as marcas matinais e a sofrerem quedas durante a tarde. Pedrosa foi o primeiro dos três a cair, na Curva 13, com o líder da geral da Movistar Yamaha MotoGP a ir ao chão logo depois do espanhol devido ao óleo libertado pela RC213V de Pedrosa. Esta foi a primeira queda do ano para Rossi. Já Dovi foi ao chão na Curva 5 quase no final da sessão. Qualquer um dos três saiu ileso dos respectivos contratempos.

Pol Espargaró foi o melhor entre os pilotos satélite. O espanhol bateu o colega de equipa na Monster Yamaha Tech3  depois de melhorar o registo pessoal durante a tarde para terminar a 0,579s da frente. Já Bradley Smith, que também caiu na Curva 5 perto do final da sessão, ficou a 0,059s do colega de equipa e a 0,638s de Lorenzo depois de não ter conseguido superar o seu próprio registo matinal.

Aleix Espargaró voltou a colocar a GSX-RR do Team Suzuki Ecstar nos dez primeiros ao garantir a nona marca do dia durante a tarde (+0,703s), enquanto Cal Crutchlow (CWM LCR Honda) completou a lista dos dez primeiros a 0,730s da P1.

Além dos já referidos, Mike di Meglio foi outro dos pilotos a ir ao chão durante a tarde. O gaulês da Avintia Racing caiu na Curva 3 sem consequências físicas e terminou o dia em 18º, a 2,090s da frente.

Veja os resultados combinados do MotoGP™ em Brno.

Tags:
MotoGP, 2015, bwin GRAND PRIX ČESKÉ REPUBLIKY, FP2, Marc Marquez, Andrea Iannone, Jorge Lorenzo

Outras actualizações que o podem interessar ›