Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Rabat domina livres da Moto2™

Rabat domina livres da Moto2™

O Campeão do Mundo Tito Rabat foi o mais forte do dia, batendo Luthi e Corsi no arranque do bwin GP da República Checa em Brno.

Depois do quinto lugar no GP de Indianápolis no domingo passado, o Campeão do Mundo de Moto2™ deu boas mostras hoje que ainda não desistiu de lutar pela revalidação do ceptro. Tito Rabat começou por ser quarto durante a manhã, mas o piloto da Estrella Galicia 0,0 Marc VDS aumentou o ritmo de forma significativa durante a tarde, retirando 0,8s à melhor marca pessoal para terminar o primeiro dia do bwin Grande Prémio da República Checa na liderança da tabela de tempos com uma marca de 2:02,714s.

Mas o espanhol não foi o único a melhorar durante a tarde apesar das temperaturas mais altas que se fizeram sentir. Thomas Luthi, da Derendinger Racing Interwetten, saltou de quinto para segundo ao terminar a 0,097s de Rabat, enquanto Simone Corsi foi terceiro. O germânico da Forward Racing terminou na mesma posição que de manhã, mas retirou 0,6s à melhor marca pessoal para concluir o dia a 0,167s de Rabat.

Enquanto isso, o líder da classificação ficou-se pela quarta posição. Mais rápido da manhã, Johann Zarco foi outro dos que aumentou o ritmo durante a tarde, mas tal acabou por não ser o suficiente para repetir a liderança da tabela de tempos. O gaulês da Ajo Motorsport acabou a jornada de trabalho, a primeira na Europa após a paragem de Verão, na quarta posição, a 0,260s da frente. Atrás dele, e já para lá do segundo 02, terminou Sandro Cortese. O alemão da Dynavolt Intact GP melhorou três posições face a FP1 para fechar a lista dos cinco primeiros a 0,319s de Rabat.

Jonas Folger (AGR Team) foi sexto, a 0,633s da frente, enquanto Sam Lowes foi o primeiro não Kalex da tabela de tempos. O britânico da Speed Up Racing, que ainda sofreu uma queda sem consequências físicas na Curva 11 depois de perder a frente da moto já perto do final, foi sétimo, a 0,659s de Rabat, com Julian Simon (QMMF Racing Team) a ser o segundo melhor representante da Speed Up, em oitavo (+0,856s).

Dominique Aegerter (Technomag Racing Interwetten, +0,943s) e Luis Salom (Páginas Amarillas HP40) completaram a lista dos dez primeiros. O espanhol terminou a 0,956s da frente e foi o único do Top 10 a não conseguir melhorar durante a tarde. O nipónico Takaaki Nakagami (Indemitsu Honda Team Asia) foi o último a rodar a um segundo da P1, terminando em 11º (+0,961s).

Veja os resultados combinados da Moto2™ em Brno.

Tags:
Moto2, 2015, bwin GRAND PRIX ČESKÉ REPUBLIKY, FP2, Thomas Luthi, Simone Corsi, Tito Rabat, EG 0,0 Marc VDS

Outras actualizações que o podem interessar ›