Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Primeira pole do ano para Antonelli

Primeira pole do ano para Antonelli

Niccolò Antonelli garante primeira pole do ano à frente de Danny Kent e de Jorge Navarro no bwin GP da República Checa, em Brno.

A qualificação desta tarde de sábado em Brno com vista ao bwin Grande Prémio da República Checa terminou com um resultado algo fora do vulgar, com os melhor classificados do Campeonato do Mundo de Moto3™ a terminarem em posições que não lhes são muito usuais, excepção feita ao líder da geral.

As elevadas temperaturas que se fizeram sentir (31ºC do ar e 43ºC da pista) dificultaram um pouco a vida aos pilotos, mas isso não impediu que a pole provisória para a 11ª corrida do ano fosse ocupada oito pilotos e se assistisse a 12 melhorias do tempo antes do italiano da Ongetta-Rivacold se impor face aos demais para garantir a primeira pole da época. Niccolò Antonelli, que até agora esta temporada tinha como melhor qualificação os terceiros lugares do Qatar e Argentina, acabou por garantir a pole position já no final da sessão ao rodar em 2:07,667s. Uma marca que o deixou a 0,04s do recorde do traçado assinado por Álex Rins em 2013.

Atrás do transalpino terminou o líder isolado da classificação. Danny Kent (Leopard Racing) ainda chegou a passar pela primeira posição ao longo da sessão, mas acabou por não conseguir impor-se da mesma forma que nos treinos livres e teve de se contentar com a segunda posição da grelha, a escassos dois milésimos de segundo da pole. Uma margem de facto muito curta que em nada faz perigar o esperado domínio do britânico nesta jornada checa.

A fechar a primeira linha da grelha está Jorge Navarro. O espanhol da Estrella Galicia 0,0 ficou a 0,033s de Antonelli e bateu o colega de equipa e estreante Fabio Quartararo, que lidera a segunda linha depois de ter precisado de mais 0,148s para dar uma volta ao traçado de Brno. A completar um Top 5 totalmente dominado pela Honda está Alexis Masbou. O gaulês da Saxoprint RTG ficou a 0,219s de Kent, com Brad Binder a ser o melhor representante da Red Bull KTM Ajo e da marca austríaca ao terminar em sexto, a 0,448s.

A liderar a segunda linha da grelha está o colega de equipa de Binder e melhor representante da casa, Karel Hanika. O checo terminou a um mero milésimo de segundo do sul-africano, superando o companheiro de equipa de Kent, Efrén Vázquez, que se quedou a 0,616s da pole. A fechar a terceira linha está Jorge Martín (Mapfre Team Mahindra), a 0,655s da frente.

A lista dos dez primeiros foi completada pelo segundo classificado de Indianápolis, John McPhee (Saxoprint RTG), a 0,753s da P1. Enquanto isso, Miguel Oliveira (Red Bull KTM Ajo) não foi além de 12º, a 0,828s da frente, mas bem pior que o português ficaram os segundo e terceiro da geral. Enea Bastianini (Gresini Racing Team Moto3) foi 15º, a 0,931s, enquanto Romano Fenati (SKY Racing Team VR46) foi o primeiro a ficar a mais de um segundo da pole ao precisar de mais 1,053s para dar uma volta a Brno.

Também muito fracas foram as prestações dos outros dois homens do pódio de Indy. O terceiro classificado Philipp Oettl (Schedl GP Racing) foi 24º, a 1,286s, enquanto o vencedor da corrida de Indianápolis Livio Loi (RW Racing GP) foi 29º, a 1,806s da pole.

Entrentanto, e bem depois de terminada a sessão de qualificação, a Direcção de Corrida decidiu penalizar Romano Fenati e Livio Loi por rodarem devagar próximo da trajectória da pista, o que representa uma violação do Artigo 1.21.2 do Regulamento de Grandes Prémios da FIM. Assim sendo, ambos os pilotos vão estar impedidos de participar nos primeiros dez minutos do Warm Up e perderam três posições na grelha de partida.

Veja os resultados da Qualificação da Moto3™ em Brno.

Tags:
Moto3, 2015, bwin GRAND PRIX ČESKÉ REPUBLIKY, QP, Niccolò Antonelli, Jorge Navarro, Danny Kent, Ongetta-Rivacold

Outras actualizações que o podem interessar ›