Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Antonelli estreia-se a vencer

Antonelli estreia-se a vencer

Nicco Antonelli assinou primeiro pódio da carreira e logo com vitória à frente de Enea Bastianini e de Brad Binder no GP checo.

Poucos podiam antever uma corrida de Moto3™ tão emocionantes neste bwin Grande Prémio da República Checa, em Brno, que terminou com Nicco Antonelli a garantir o primeiro pódio da carreira e logo com triunfo sobre o mais experiente Enea Bastianini e Brad Binder.

É certo que esta 11ª corrida do ano não começou da melhor forma, com dois acidentes com quatro pilotos cada um a ditarem a apresentação da bandeira vermelha ainda na primeira volta. Na Curva 1 os protagonista do contratempo foram Tatsuki Suzuki (CIP), Niklas Ajo (RBA Racing Team), Philipp Oettl (Schedl GP Racing) e Jules Danilo (Ongetta-Rivacold).

Enquanto isso, na Curva 3, os envolvidos foram Andrea Locatelli (Gresini Racing Team Moto3), Lorenzo Dalla Porta (Husqvarna Factory Laglisse), Hiroki Ono (Leopard Racing) e Gabriel Rodrigo (RBA Racing Team). Rodrigo requereu mais atenção em pista por parte dos médicos, o que levou à apresentação da bandeira vermelha antes do piloto ser transportado para o Centro Médico para mais exames. O argentino foi depois até ao Hospital de Brno para fazer um TAC para confirmar uma fractura. Quem também não saiu muito bem do incidente foi o nipónico Ono, que sofreu pequena fractura no pé direito.

Trinta minutos após a primeira partida a grelha da Moto3™ arrancava pela segunda vez, desta feita para uma prova de apenas 12 voltas por oposição as 19 inicialmente previstas. Jorge Navarro (Estrella Galicia 0,0) voltou a fazer boa largada desde o terceiro posto da grelha e a assumir a liderança, mas pouco depois era batido por Efrén Vázquez (Leopard Racing) e com o líder da classificação e colega de equipa do espanhol, Danny Kent, a passar também pela liderança.

Mas a luta pela liderança foi muito forte ao longo de toda a corrida, com mais três pilotos a passarem pela cabeça do pelotão. Miguel Oliveira (Red Bull KTM Ajo), foi o primeiro a superar Kent, na terceira volta depois de ter partido da 12ª posição da grelha, mas foi sol de pouca dura. Antonelli, que tinha partido da pole com a Honda da Ongetta-Rivacold chegou à liderança na quarta volta depois de ter chegado a rodar em sexto após má partida.

Mas estava tudo em ainda aberto. O colega de equipa de Oliveira, Brad Binder, também passou pela liderança da prova e momentos houve em que se chegou mesmo a pensar que a formação iria conseguir um duplo pódio com o sul-africano e o português. Contudo, a duas voltas do final o italiano saltou de novo para a frente e começou a isolar-se um pouco, o bastante para garantir a primeira vitória da carreira com uma margem de 0,152s.

Enquanto isso, atrás dele assistia-se a fenomenal luta pelas restantes posições do pódio, com as decisões a serem apenas tomadas no final da última volta. Bastianini (Gresini Racing Team Moto3), que veio de 15º da grelha, acabou por terminar na segunda posição, à frente de Brad Binder. Quem também chegou a rodar no pódio foi Romano Fenati (SKY Racing Team VR46) depois de ter partido de 22º da grelha, mas acabou por terminar em sexto, atrás de Efrén Vázquez e de Jorge Navarro (Estrella Galicia 0,0).

O líder do Campeonato Kent foi sétimo, com Miguel Oliveira a acabar por terminar em oitavo, enquanto Jakub Kornfeil (Drive M7 SIC) e John McPhee (Saxoprint RTG) a completarem a lista dos dez primeiros.

Enquanto isso, quatro dos oito pilotos envolvidos nos dois incidentes iniciais lograram partir para a segunda corrida, com Oettl a terminar em 15º, Dalla Porta em 19º, Suzuki em 20º e Danilo em 27º.

Veja os resultados da Corrida de Moto3™ em Brno.

Tags:
Moto3, 2015, bwin GRAND PRIX ČESKÉ REPUBLIKY, RAC, Brad Binder, Niccolò Antonelli, Enea Bastianini, Ongetta-Rivacold

Outras actualizações que o podem interessar ›

motogp.com
Voltas de visualização extra

2 anos ago

Voltas de visualização extra