Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Rossi e Lorenzo prontos para espectáculo de Silverstone

Rossi e Lorenzo prontos para espectáculo de Silverstone

A luta pelo ceptro do MotoGP™ prossegue agora no Octo Grnade Prémio de Inglaterra com Rossi e Lorenzo prontos para o espectáculo.

As emoções fortes do Campeonato do Mundo de MotoGP™ rumam a Northampton para o Octo Grande Prémio de Inglaterra, 12ª jornada da época, com a luta pelo título empatada entre Rossi e Lorenzo.

A ronda britânica tem feito parte do Mundial desde a estreia deste em 1949. Inicialmente foi disputado na Ilha de Man, mas em 1997 deslocou-se para Silverstone por questões de segurança e assim nasceu o GP de Inglaterra. Em 1987 foi para Donington Park, regressando depois a Silverstone a partir de 2010.

Agora o traçado inglês prepara-se para receber o que promete ser mais um emocionante GP com a dupla da Movistar Yamaha MotoGP empatada a 211 na frente da tabela de classificação. Jorge Lorenzo igualou o total de pontos do colega de equipa Valentino Rossi após a vitória em Brno e o terceiro lugar do italiano, um resultado que levou o espanhol à liderança pelo simples facto de contar com maior número de triunfos: cinco contra três de Rossi.

Com sete rondas ainda por disputar tudo é possível, com os dois pilotos a apresentarem a um nível muito semelhante, mas com o transalpino a ser mais regular entre os três primeiros – é o único com pleno de pódios até ao momento. Mas isso só não chega e ambos sabem que terão de contar com forte oposição da Repsol Honda e de Marc Márquez.

De momento o Campeão do Mundo é terceiro; o espanhol conseguiu recuperar algum terreno nas últimas jornadas após mau início de temporada, mas terá mesmo de dar o seu melhor caso queira revalidar o ceptro e anular 52 pontos de atraso não é tarefa fácil. Contudo, foi em Silvertstone que Márquez assinou a 11ª vitória do ano passado, batendo Lorenzo após excelente batalha e relegando Rossi para terceiro.

Márquez tem-se mostrado mais forte desde Assen, mas a verdade é que também não teve os argumentos necessário para superar o compatriota na última jornada em Brno e agora deverá também ter de contar com um italiano muito mais determinado a recuperar a liderança da geral depois de se ter visto arredado da mesma pela primeira vez este ano na República Checa. “The Doctor” já venceu o GP de Inglaterra por sete vezes (1x125cc, 2x250cc, 3xMotoGP™), mas curiosamente nunca em Silverstone; foram todas em Donington Park e não há melhor altura para alterar isso que esta.

Já Lorenzo, que esteve imperial em Brno, vai dar tudo para se isolar na frente da geral. O espanhol já por três vezes ganhou em Silverstone no MotoGP™ (2010, 2012, 2013) e só por uma vez perdeu para Márquez. Mas talvez mais importante que isso é o facto de Lorenzo nunca ter terminado atrás de Rossi no GP de Inglaterra desde 2011.

Quanto aos restantes, o colega de equipa de Márquez na Repsol Honda, Dani Pedrosa, esperará ter já recuperado totalmente da lesão contraída no pé esquerdo durante a FP2 de Brno. O espanhol foi quarto no ano passado após fantástica luta com Rossi e Andrea Dovizioso, mas já venceu por duas vezes o GP de Inglaterra (250cc – 2004, MotoGP™ – 2006), se bem que em Silverstone nunca foi além de terceiro (2012 e 2013).

Andrea Iannone, da Ducati Team, é neste momento quarto da geral depois de ter sido também quarto em Brno e de nunca ter terminado fora dos seis primeiros este ano. No ano passado conseguiu o melhor resultado da época precisamente em Silverstone ao levar a Pramac Ducati ao oitavo posto. O seu colega de equipa Andrea Dovizioso venceu o GP de Inglaterra em 2009 com uma Honda de Fábrica na última vez que a prova se disputou em Donington Park. Depois disso assinou dois segundos lugares em 2010 e 2011 em Silverstone e foi quinto no ano passado. 

Aleix Espargaró, do Team Suzuki Ecstar, foi nono no ano passado depois de ter partido de quarto da grelha, enquanto o estreante e colega de equipa Maverick Viñales venceu na Moto3™ em 2012 e terminou no pódio da Moto2™ no ano passado. 

Bradley Smith, da Monster Yamaha Tech3, prepara-se para correr em casa e logo como líder entre os pilotos Satélite, em quinto do Campeonato e com 25 pontos de margem sobre o colega de equipa Pol Espargaró, enquanto Cal Crutchlow, da CWM LCR Honda está a mais sete pontos de distância.

Quanto à Open, a liderança está a cargo de Héctor Barerá, da Avintia Racing, que soma mais cinco pontos de Loriz Baz (Forward Racing).

O Octo Grande Prémio de Inglaterra tem início na quinta-feira com a conferência de imprensa de pré-evento pelas 17 horas locais. Os treinos livres começam pelas 9 da manhã de sexta-feira com a FP1 da Moto3™.

Tags:
MotoGP, 2015, OCTO BRITISH GRAND PRIX

Outras actualizações que o podem interessar ›