Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Smith: “Foi uma grande forma de começar o GP em casa”

Smith: “Foi uma grande forma de começar o GP em casa”

Bradley Smith começou o GP caseira de forma brilhante com a terceira marca na tabela de tempos combinados na sexta-feira.

Smith, da Monster Yamaha Tech3, levou a cabo excelente arranque do Grande Prémio caseiro ao rodar para o terceiro lugar da geral nesta sexta-feira. Smith tinha terminado a FP1 em sétimo e tirou o melhor partida da FP2 para refinar a afinação da sua M1. No último terço da sessão o jovem britânico rodou nuns soberbos 2:02,531s para terminar nos três primeiros a apenas 0,193s da frente.

Bradley Smith: “Foi uma grande forma de começar o GP em casa e é fácil de ver que a Yamaha está a funcionar muito bem aqui para mim. Tive sempre muita confiança em Silverstone, em particular com o meu estilo de pilotagem, e não tenho medo de circuitos rápidos, como se viu em Phillip Island no ano passado. Começámos por ter algumas dificuldades na FP1, as condições da pista não estavam muito boas, mas de tarde os níveis de aderência aumentaram e depois conseguimos analisar os dois compostos de pneus frontais e traseiros, o que foi positivo. Não sabemos que temperaturas vamos ter no domingo, pelo que temos de estar prontos para tudo. Ainda assim, é fantástico começar o GP de Inglaterra desta forma e depois de assinar o meu contrato não há pressão e posso concentrar-me totalmente no meu trabalho. A equipa esteve muito bom, mas é claro que esperamos que os outros recuperem amanhã. Mesmo assim, a nossa prestação aqui significa que podemos ir para a FP3 confiantes, ainda para mais porque queremos continuar a melhorar enquanto trabalhamos na afinação de base para a corrida.”

Tags:
MotoGP, 2015, OCTO BRITISH GRAND PRIX, FP2, Bradley Smith, Monster Yamaha Tech 3

Outras actualizações que o podem interessar ›

motogp.com
Tributo a Garriga

2 anos ago

Tributo a Garriga