Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Márquez imperial com conquista de pole em Silverstone

Márquez imperial com conquista de pole em Silverstone

Marc Márquez voou para a pole do Octo GP de Inglaterra com ritmo recorde para bater Jorge Lorenzo e Dani Pedrosa em Silverstone.

O bi-Campeão do Mundo em título não precisou de muito tempo para responder a Jorge Lorenzo e deixar muito claro que a conquista da eventual quarta vitória de Lorenzo no Octo Grande Prémio de Inglaterra será tudo menos fácil. O jovem da Repsol Honda aniquilou o seu próprio recorde do traçado de Silverstone (2:00,691s), estabelecido há dois anos, logo na primeira volta lançada ao rodar em 2:00,564s. Não satisfeito, Márquez aumentou ainda mais o ritmo para garantir a sexta pole da época com uns impressionantes 2:00,234s.

O compatriota da Movistar Yamaha MotoGP ainda tentou responder, mas a verdade é que não conseguiu. Lorenzo, que é o piloto mais bem sucedido no GP de Inglaterra com três triunfos, chegou a ocupar a primeira posição provisória após a segunda passagem pelo primeiro sector, mas acabou depois por perder terreno, terminando a 0,288s da P1.

A fechar a primeira linha ficou o outro espanhol da Repsol Honda. Dani Pedrosa, que terminou os treinos livres em terceiro, conseguiu uma melhoria de 1,7s nesta tarde de sábado, o que fez terminar a 0,482s do colega de equipa com um tempo que foi assinado na primeira tentativa.

Quem apresentou um resultado melhor que o usual nas qualificações deste ano foi Valentino Rossi. O líder conjunto da geral e colega de equipa de Lorenzo nem sequer começou muito bem, mas logrou a liderança da segunda linha da grelha na sua última tentativa. Rossi parte de quarto (só por duas vezes este ano conseguiu melhor – pole Assen e 3º em Brno) depois de ter rodado a 0,713s de Márquez. Um resultado que pode ser crucial para a corrida de amanhã já que tem melhores hipóteses de acompanhar os da frente desde o apagar das luzes.

Ao lado do transalpino partem os dois pilotos da Monster Yamaha Tech3. Pol Espargaró acabou por ser o melhor piloto satélite deste sábado ao rodar a 0,797s da pole, enquanto Bradley Smith, que ontem foi terceiro, acabou o dia como melhor piloto da casa e foi também o último a rodar a menos de um segundo da P1 (+0,906s).

Scott Redding, da Estrella Galicia 0,0 Marc VDS, lidera a terceira linha, a 1,095s da frente, seguido de muito perto pelo compatriota Cal Crutchlow, da CWM LCR Honda, que ficou a mais 0,047s de distância. Andrea Iannone foi o melhor representante da Ducati ao colocar a GP15 da Ducati Team no nono posto (+1,640s).

Atrás do italiano, já na quarta linha, ficaram os dois mais rápidos da Q1. Desta feita, Aleix Espargaró (Team Suzuki Ecstar) levou a melhor sobre Yonny Hernández; o espanhol terminou a 1,646s da frente enquanto o colombiano da Octo Pramac Racing precisou de mais 0,014s para dar uma volta a Silverstone. A fechar a lista dos 12 primeiros ficou Andrea Dovizioso. O piloto da Ducati Team voltou a não conseguir apresentar um bom ritmo e terminou a 1,745s da pole.

Veja os resultados da qualificação de MotoGP™ em Silverstone.

Tags:
MotoGP, 2015, OCTO BRITISH GRAND PRIX, Q2, Marc Marquez, Jorge Lorenzo, Dani Pedrosa, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›