Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Gaulês Zarco manda em Silverstone

Gaulês Zarco manda em Silverstone

Após início cauteloso, líder da geral de Moto2™ Johann Zarco ataca forte para vencer em Silverstone à frente de Alex Rins e Tito Rabat.

O líder do Campeonato do Mundo de Moto2™ foi mestre neste Octo Grande Prémio de Inglaterra, 12ª jornada da época, ao assinar a quinta vitória e 11º pódio da época à frente de Alex Rins e do Campeão do Mundo Tito Rabat.

Inicialmente a corrida foi declarada molhada pela Direcção de Corrida, mas cedo se viu que a chuva não se iria manter e a verdade é que não tardou a surgir uma linha seca. Com este panorama pela frente, o gaulês da Ajo Motorsport usou de cautela no início da corrida, não atacando nas primeiras voltas e chegando mesmo a rodar na quarta posição na segunda volta.

Enquanto isso, os espanhóis da Estrella Galicia 0,0 Marc VDS e da Páginas Amarillas HP 40 assumiam o comando das hostilidades; Rabat foi o primeiro líder, com Rins a passar depois para primeiro aquando da segunda volta. Contudo, tal seria sol de pouca dura, já que Zarco, depois de ascender ao segundo posto na quarta volta, tratou de atacar o espanhol para o superar à sétima volta.

Entretanto Rabat tratava também ele de recuperar terreno e depois de quatro voltas em quarto o Campeão do Mundo entrava no pódio provisório ao passar o colega de equipa Alex Márquez na curva Village, a mesma onde sofreu aparatosa queda ontem e na qual, na volta seguinte, acabou por ascender ao segundo posto por troca com Rins.

Por esta altura já Zarco contava com margem confortável na frente do pelotão e continuava a fazê-la crescer numa verdadeira demonstração de mestria no que toca a gerir pneus de chuva numa pista com uma linha cada vez mais seca. Em contrapartida, os rivais começavam a debater-se com problemas de durabilidade dos pneus e recorriam às zonas molhadas da pista para tentarem baixar as temperaturas e, com isso, aumentarem um pouco a vida das borrachas traseiras.

Mas a verdade é que nem mesmo isso foi o bastante para travar Rins. Com o gaulês já fora de alcance, o espanhol da Páginas Amarillas HP40 colou-se à roda de Rabat para acabar por o passar na 14ª volta no que foi uma emocionante luta pela segunda posição na corrida e, simultaneamente, no Campeonato. Rabat ainda tentou com tudo o que pôde defender a posição, mas acabou por ter de se contentar com o terceiro posto, isto depois de também ter tido de se defender do colega de equipa.

No final Rins ainda tentou o ataque a Zarco, a três voltas do final, rodando cerca de dois segundos por volta mais rápido que o líder da geral. Contudo, o atraso já era muito significativo e o espanhol acabou por ter de se contentar apenas com o terceiro pódio consecutivo depois da vitória em Indy e do terceiro lugar em Brno. Um resultado que lhe permitiu superar Rabat na classificação geral e passar a ocupar o segundo posto, com três pontos de vantagem sobre o Campeão do Mundo.

Enquanto isso, Alex Márquez terminava em quarto, com Jonas Folger (AGR Team) a fechar a lista dos cinco primeiros à frente de um decepcionante Sam Lowes. O britânico da Speed Up Racing não conseguiu tirar qualquer partido da pole position e depois de ter caído para nono logo na primeira volta, o melhor que conseguiu foi o sexto posto a uns distantes 28 segundos de Zarco e 20 segundos do Top 5.

A completar a lista dos dez primeiros ficaram ainda o mestre do molhado Anthony West (QMMF Racing Team), Sandro Cortese (Dynavolt Intact GP), Thomas Luthi (Derendinger Racing Interwetten) e Ricard Cardus (JPMoto Malaysia).

Veja os resultados da corrida de Moto2™ em Silverstone.

Tags:
Moto2, 2015, OCTO BRITISH GRAND PRIX, RAC, Johann Zarco, Ajo Motorsport

Outras actualizações que o podem interessar ›