Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Pol: “Com outro piloto tinha sido mais contundente”

Pol: “Com outro piloto tinha sido mais contundente”

Pol Espargaró evita colisão com Lorenzo, piloto oficial da Yamaha e, na altura, líder do Campeonato.

Pol Espargaró (Monster Yamaha Tech3) começo o Octo Grande Prémio de Inglaterra no grupo da frente, rodando atrás de Jorge Lorenzo (Movistar Yamaha MotoGP), até que saiu de pista para evitar o toque no piloto de fábrica da marca dos três diapasões. Não tendo sido um acidente, Pol perdeu tempo e, com isso, várias posições. Depois de passar o irmão e o companheiro de equipa, Espargaró teve problemas no primeiro sector do circuito e foi ao chão à 15ª volta, não conseguindo completar a prova.

Pol Espargaró: “Estou mais ou menos contente com a forma como decorreu o fim‑de‑semana, mas por outro lado estou aborrecido. Estou contente porque parti muito à frente, o ritmo que tinha no molhado era muito bom e sentia-me confortável atrás do Jorge. Não demorei a tentar passá-lo, mas tivemos um toque e perdi muito tempo. A verdade é que me senti um pouco estúpido quando terminei a corrida. O Jorge estava algo lento naquela altura e os que estavam à frente estavam a fugir e sentia que podia rodar mais rápido que ele. Tinha-lhe ganho tempo sem grande problemas depois das queda do Miller e do Crutchlow. O que se passa é que, como era o Jorge, piloto de fábrica da Yamaha e a lutar pelo título, estava a tentar ter muito cuidado. Encontrei o melhor momento e fui por dentro porque ele tinha aberto; não sei se não me viu, mas fechou a trajectória de forma brusca. Podia ter aguentado, mas sabia que isso era muito arriscado e sabendo qual era a situação dele decidi sacrificar-me e sair de pista. É um piloto Yamaha que está a lutar pelo campeonato. Com outro piloto teria sido mais contundente, mas travei, levantei a moto e toquei um pouco na sua roda traseira, mas creio que perdeu apenas um par de décimas. Já eu perdi umas quantas posições e cinco ou seis segundos. Fiquei sem possibilidades de fazer uma boa corrida.”

“Voltei à pista atrás do meu irmão e longe do grupo da frente. Voltei a concentrar-me e tentei recuperar posições; passei o Aleix e o meu colega de equipa Bradley e quando tinha já boa distância sobre eles não consegui ir mais longe. Cometi uns erros que me custaram. Tive um problema no primeiro parcial e não conseguia controlar bem a moto e houve um momento em que perdi a roda traseira quando entrava na curva; voei da moto e não consegui terminar a corrida.”

Tags:
MotoGP, 2015, OCTO BRITISH GRAND PRIX, RAC, Pol Espargaro, Monster Yamaha Tech 3

Outras actualizações que o podem interessar ›

motogp.com
Antonelli: “Arrisquei muito”

2 anos ago

Antonelli: “Arrisquei muito”